Fechar (X)

http://www.avozdesantaquiteria.com.br/p/anuncie-seus-produtos-ou-faca-suas.html

sábado, 18 de abril de 2015

Coelce cobra duas contas no mesmo mês

18/04/2015 - Consumidores da Companhia Energética do Ceará (Coelce) estão sendo surpreendidos neste mês de abril, sem aviso prévio específico, com a cobrança de duas faturas dos serviços de fornecimento de energia elétrica prestados pela companhia. O usuários reclamam que, justamente no mês em que as contas começaram a chegar mais altas, em decorrência dos vários reajustes aplicados pelas concessionárias de energia, são obrigados a pagar uma segunda fatura, no meio do mês.
Eles protestam dizendo que a Coelce deveria ter-lhes enviado uma correspondência prévia, informando e explicando os motivos da dupla cobrança em um mesmo período. Um usuário que recebeu a cobrança de duas contas neste mês reclamou ainda de aumento de até 61% no valor do quilowatt/h (kWh), na segunda fatura, em relação à primeira cobrança.

Protestos
"Não fui comunicado de nada, nem recebi aviso de que o valor da energia iria subir 61%. O que ouvi falar é que o reajuste seria da ordem de 30%", contestou o corretor autônomo Mauro Alves Pinheiro. No início do mês, ele recebeu uma fatura no valor de R$ 199,65, relativos ao consumo de 26 de fevereiro a 27 de março últimos, e esta semana, uma segunda conta, de mais R$ 107,53, referente ao consumo de 28 de março a 15 de abril, com vencimento no dia 22 próximo.
"Esta foi a primeira vez na vida que recebo duas cobranças da Coelce, no mesmo mês. Acho um absurdo, principalmente porque verifiquei aumento de 61% no preço do kWh, na segunda fatura, em relação a anterior", acrescentou Pinheiro, questionando se isso estaria certo.
Outra usuária, que pede para no ter o nome citado, revelou, também com indignação, que recebeu a primeira fatura da Coelce, relativa ao período de 24 de fevereiro a 24 de março, no valor de R$ 206,11, com vencimento em 1º de abril, e uma segunda conta, de R$ 128,02. "Acho isso um absurdo, uma falta de respeito. A Coelce deveria, pelo menos, ter nos comunicado por escrito, por e-mail", reclamou.
"Eu já paguei as duas contas, mas se não tivesse dinheiro? A Coelce iria abonar a multa e os juros? Duvido", questionou a usuária. Ela ressalta que contas de água, luz e telefone são inseridas no orçamento mensal doméstico e que qualquer alteração, sem uma programação prévia, "pesa no bolso".

Resposta
Com relação à fatura do usuário Mauro Pinheiro, a Coelce explicou que "com a mudança, o cliente terá a leitura e o vencimento dentro do mesmo mês". A empresa justifica a outra cobrança no mesmo período, alegando que "o consumidor foi informado da alteração por meio de mensagem na conta (de energia) do mês de fevereiro".
De fato, em ambas as faturas constam no rodapé do boleto a informação de que para adequações e melhorias no dimensionamento das leituras por área geográfica, a rota do usuário seria alterada, o que alteraria a data da próxima leitura, antecipando o vencimento em cerca de 15 dias. "Como é que nós vamos ver um aviso no rodapé de um boleto altamente poluído de informações?", cobrou Mauro Pinheiro.
Questionada sobre a falta de um comunicado específico sobre a mudança, a Coelce respondeu, através de nota, que "de acordo com o artigo 84 da Resolução 414 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a companhia pode reprogramar a data da leitura do medidor, interferindo diretamente na data de vencimento, caso o cliente não tenha solicitado uma data fixa para vencimento".

Aneel Contesta
A justificativa da Coelce foi questionada pela própria Aneel, que faz uma leitura diferente da mesma norma. "Conforme a Resolução Normativa nº 414/2010, Artigo 84, Inciso II, no caso de remanejamento de rota ou reprogramação do calendário, o consumidor deve ser informado, por escrito, com antecedência mínima de um ciclo de faturamento (um mês), facultada a inclusão de mensagem na fatura de energia elétrica", explica a Aneel. Ou seja, "a inclusão na fatura é facultada à empresa, mas a comunicação por escrito com antecedência de um ciclo de faturamento é obrigatória", adverte a Agência Reguladora.

Diário do Nordeste

Bicicleta é o meio de transporte mais vantajoso para deslocamento urbano

18/04/2015 - A Abraciclo (Associação Brasileira dos fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Bicicletas e similares) divulgou nesta semana o estudo "O uso de bicicletas no Brasil: qual o melhor modelo de incentivo?". Feito em parceria com a consultoria Rosenberg Associados, o documento trata do mais amplo levantamento sobre o tema, e relata em 142 páginas o cenário e os números do mercado nacional de bicicletas, hoje com produção anual acima de 4 milhões de unidades.
Além disso, revela as principais vantagens e desvantagens da bike como transporte urbano. Dentre alguns dos pontos a favor, aparece o deslocamento mais rápido em raios curtos (até 5 km) comparado aos transportes públicos, melhora da saúde e diminuição da obesidade, menor custo por quilômetro rodado em relação à moto ou ao carro e também o menor investimento para a construção de ciclovias quando comparadas as rodovias.
Porém, dentre os fatos negativos - como vulnerabilidade do ciclista em acidentes, intempéries, rendimento em percursos íngremes, roubos e pouca integração com metrô ou ônibus - as soluções possíveis são colocadas como "de correção simples e barata".
O estudo é bem embasado em dados e estatísticas - e editado nos moldes de estudos europeus. Há trechos em que admite o fato de os produtos básicos (como as "Barraforte" usadas em regiões rurais de baixa renda) estarem em queda diante da migração deste público para motos ou carros de baixo custo, ou mesmo o transporte público.
Assim, a publicação se firma como um marco divisório para este mercado em queda desde 2008, que busca alternativas para voltar a crescer em volume.
Este setor, inclusive, passa a contar com um novo segmento, o de bikes específicas para mobilidade urbana. Composto de modelos com médio/alto valor agregado, chega para se somar aos quatro grupos conhecidos: brinquedos, básicos de transporte, recreação/lazer e esporte/competição.
Como parte de sua conclusão, o estudo aborda o fato de a popularização das bicicletas depender mais de uma mobilização cultural, e sobretudo da criação de políticas favoráveis ao seu uso, do que da simples redução de carga tributária e consequente queda do preço final das "magrelas".
O artigo já pode ser lido ou baixado na íntegra via website da Abraciclo.

Folhapress

Operadoras começam a avisar clientes sobre o nono dígito nos celulares do Ceará

18/04/2015 - O Ceará faz parte do próximo grupo de estados para os quais a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) estabeleceu a entrada no nono dígito, coincidentemente o 9, à frente do números de celulares - para ambos os DDDs, 085 e 088. A data será 31 de maio, mas as operadoras já começaram a avisar os usuários neste semana.
Por SMS, Claro, Oi, TIM e Vivo alertaram os clientes que as chamadas não poderão ser feitas sem que o número 9 seja adicionado aos contatos do aparelho antes de efetuar a chamada, após o período de adaptação.
As operadoras também disponibilizam hotsites específicos para tirar as dúvidas dos clientes, confira:

Confira o calendário de adoção do nono dígito:
a) Áreas de Registro 81, 82, 83, 84, 85, 86, 87, 88, 89 (estados de Alagoas, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte), a partir de 31 de maio de 2015;
b) Áreas de Registro 31, 32, 33, 34, 35, 37 e 38 (estado de Minas Gerais), a partir de 11 de outubro de 2015;
c) Áreas de Registro 71, 73, 74, 75 e 77 (estado da Bahia), a partir de 11 de outubro de 2015;
d) Área de Registro 79 (estado do Sergipe), a partir de 11 de outubro de 2015.

Diário do Nordeste

Medicamentos são encontrados enterrados no lixão de Caririaçu

18/04/2015 - Foram encontrados, na manhã deste sábado (18), uma grande quantidade de medicamentos vencidos e enterrados nas proximidades do lixão de Caririaçu. O total achado ainda não foi contabilizado, pois parte do material ainda se encontra embaixo da terra.
De acordo com o secretário de administração do município, José Alves, a equipe responsável pelas obras na entrada da cidade achou os medicamentos ao fazer um corte na barreira para retirada de terra. Ao se deparar com os remédios, o operador do veículo acionou o prefeito de Caririaçu, João Marcos, que entrou em contato com a Polícia Federal de Juazeiro do Norte. Uma equipe da PF foi deslocada para a região.
Ainda segundo o secretário, os medicamentos são de distribuição gratuita, geralmente em Postos de Saúde, e tinham data de validade até 2010. Juntamente com os fármacos também foram encontrados vários tipos de seringas ainda com agulhas e aparentemente usadas.
Outro denuciante do caso, o vereador de Juazeiro do Norte Cláudio Luz (PT), informou que o material estava localizado a 80m da CE 0-60, que liga Juazeiro a Caririaçu, em um local de fácil acesso na entrada do município. 
Cláudio Luz ainda afirmou que esse tipo de descarte de medicamentos consiste em um tipo muito grave de crime ambiental e contra a saúde pública e acrescentou que há falta generalizada de remédios na região.
 
Diário do Nordeste

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Falta de água na cidade de Santa Quitéria provoca transtornos à população

17/04/2015 - A cidade de Santa Quitéria vem passando por uma situação inédita em toda a sua história, alguns locais enfrentam há vários dias, o drama da falta de água na cidade.
A população clama por notícias sobre esta situação incomoda que vem se alastrando em todo o município. Muitos questionam esta falta de abastecimento na cidade e com razão. É inadmissível que uma cidade com o porte de Santa Quitéria esteja passando por um momento como este, sem nenhuma explicação, aviso prévio ou parecer. A população não sabe quanto tempo mais irá ficar sem abastecimento de água.
A culpa é de quem? Que tipo de problema está acontecendo na rede de abastecimento de água? Quem irá pagar os prejuízos deste período? Perguntas que tangem a população, que briga por um balde de água em bicas, açudes e riachos.

Por 6x5, vereadores evitam cassação do prefeito Padre Lindomar, de Jijoca

17/04/2015 - Relatório que pedia a cassação do prefeito de Jijoca de Jericoacoara – a 294,9 km de Fortaleza –, Francisco Lindomar Filomeno, foi rejeitado nesta quarta-feira, 15, pela Câmara de vereadores do Município. A votação rachou o plenário e terminou em seis votos contrários e cinco a favor. O gestor era acusado de fraudar licitações durante o exercício de 2013.
O relatório votado foi elaborado após Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Casa apurar denúncias de suposto desvio de verba pública. Segundo o relatório da CPI, licitações da gestão continham documentação falsificada, além do estabelecimento de preços superiores ao do mercado, “causando sérios prejuízos ao erário”.
“Os trabalhos desta CPI não deixaram dúvidas de que o indiciado cometeu inúmeras condutas reprovadas pela legislação”, continua o documento. Segundo a assessoria parlamentar da Câmara de Jijoca, documentos colhidos durante o processo já foram encaminhados ao Ministério Público.
Apesar dos argumentos, a maioria dos legisladores não considerou o prefeito culpado pelas supostas irregularidades. Tentamos entrar em contato com a Prefeitura de Jijoca através de seus ramais disponibilizados na internet, mas não obteve sucesso.

O POVO Online

PRF prende 9 pessoas e recupera 5 veículos roubados no interior do CE

17/03/2015 - Uma operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF-CE), deflagrada na última quinta-feira (16), resultou na prisão de 9 pessoas e na apreensão de 5 veículos roubados e 10 armas de fogo, nos municípios de Coreaú e Frecheirinha, distantes 298 e 288 km de Fortaleza, respectivamente. 
A operação, batizada como 'Boers', cumpriu 11 mandados de busca e apreensão nas localidades. A ação contou com a participação de 67 agentes da PRF, 12 policiais civis, 2 promotores de justiça e ainda 2 juízes.
Segundo a PRF-CE, o objetivo era identificar organizações criminosas envolvidas na adulteração de veículos e localizar motos e carros roubados no interior do Estado. De acordo com a PRF, já foram recuperados 51 veículos provenientes de roubos ou furtos neste ano. Em 2014 foram apreendidos 89. 
O planejamento da operação levou em consideração dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2014, que constatou que o Ceará foi o 5º estado com mais veículos roubados em 2013, com 9,372.

Diário do Nordeste

Suspeito de cometer chacina em Sobral é preso

17/04/2015 - Um homem, suspeito de ter cometido uma chacina na comunidade de Pau D'Arco, Distrito de Aprazível, no município de Sobral, onde quatro pessoas foram encontradas amarradas e mortas, foi preso na manhã desta sexta-feira (17). 
Segundo informações da Polícia Militar (PM) de Sobral, o acusado, identificado apenas como 'Keké', foi capturado na cidade de Jijoca, distante cerca de 170 km do local do crime. 
O homem foi conduzido à Delegacia Regional de Sobral, onde será ouvido sobre a possível participação na chacina. A PM ainda não confirmou se ele também é suspeito de ter assassinado outras duas mulheres, que foram encontradas mortas, na última quinta-feira (16), às margens de uma rodovia que liga as cidades de Alcântaras e Coreaú. 
Ainda não há informações do que teria motivado as execuções. A Polícia realiza diligências em busca de identificar outros suspeitos dos crimes. 

Diário do Nordeste

Posto da CONAB em Santa Quitéria sob risco de fechamento

17/04/2015 - O pronunciamento do deputado Odilon Aguiar, na sessão da última quarta-feira, 15, na Assembleia Legislativa do Ceará, sobre o possível fechamento de 11 polos avançados de vendas da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), deixou os pequenos produtores do Estado em alerta. Conforme o parlamentar, os municípios de Brejo Santo, Canindé, Itapipoca, Jaguaribe, Lavras da Mangabeira, Marco, Morada Nova, Quixadá, Quixeramobim, Santa Quitéria e Tauá estão sob esse risco.
Segundo Odilon Aguiar, o fechamento desses polos poderá comprometer ainda mais a distribuição de milho no interior do Ceará, que tem sofrido com a estiagem prolongada. Ao utilizar o espaço na tribuna, Aguiar pediu apoio da casa e dos parlamentares no sentido de que a decisão seja revista para não prejudicar os agricultores.
A respeito do pronunciamento do deputado, o superintendente da Conab no Ceará, Anastácio Fontelles, explicou tratar-se de uma preocupação política, diante de quadro econômico enfrentado no País. Os oito postos de distribuição da Companhia, situados em Crateús, Icó, Iguatu, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Russas, Senador Pompeu e Sobral, continuam funcionando normalmente. A Conab trabalha inclusive na implantação de mais uma unidade, em Quixadá.

Aluguel
Conforme o representante da Conab, a preocupação está relacionada à manutenção dos polos temporários nos outros 11 municípios, de responsabilidade das prefeituras. Como tem chovido no Estado, o suficiente para formar pasto, houve redução da procura de criadores e de produtores pelo milho. Alguns armazéns ficarão fechados e os municípios continuarão arcando com os ônus. O aluguel de alguns deles chega a R$ 3 mil.
Sobre o preço do milho, conforme Fontelles, atualmente a saca está variando entre R$ 32 e R$ 35. O preço está sendo mantido porque o Governo Federal subsidia o frete.
Na avaliação do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (Faec), Flávio Saboya, o quadro é outro. Além da saca do milho já estar ultrapassando os R$ 38nos postos de venda da Conab, há risco iminente de fechamento das unidades de venda do órgão federal. A pressão está sendo feita pelo Ministério da Fazenda. Ele está em Brasília, buscando sensibilizar o Governo Federal acerca do problema, mas caberá ao Conselho Interministerial de Estoques Públicos (CIEP) a decisão final. Saboya critica a situação atual do programa federal "Venda no Balcão".
Além de reduzir o preço de venda do milho, precisa apenas disponibilizar servidores da Conab, nos postos mantidos pelos municípios. Não é interessante fechar esses galpões porque em pouco mais de mês haverá necessidade de reativar toda a logística. Caso contrário sairá mais barato para os pequenos produtores comprarem o milho nas revendas, onde a saca está sendo vendida a R$ 42, mas a entrega é a domicílio. "Na situação atual, o programa perdeu o papel social", completou.
Em Quixadá, o secretário municipal de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural, Francisco Antônio dos Santos, confirma as especulações acerca do fechamento dos postos de venda mantidos pelas prefeituras. No caso do seu município, a despesa com o aluguel do galpão, de R$ 3.500, é rateada com mais outras duas prefeituras, a de Banabuiú e a de Choró.
A Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece) vem acompanhado o caso e já incluiu a demanda na pauta de reivindicação do 21º Grito da Terra Brasil e solicitou o apoio da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) na solução do problema.

Diário do Nordeste

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Faltam 30 dias para o Enduro do Urânio, em Santa Quitéria

16/04/2015 - Olá galera off road, faltam exatos 30 dias para o tão esperado Enduro do Urânio, 3ª e 4ª etapas do Campeonato Brasil Nordeste e Campeonato Cearense de Enduro de Regularidade.
Estamos preparando dois dias de muita aventura, adrenalina, trilhas, laços e muito companheirismo aliada a muitas resenhas! Prova para todos terminarem, "inteiros", satisfeitos e já pensando nas próximas etapas.
Nos dias 15/16/17 de Maio, o Nordeste vai se encontrar em Santa Quitéria - CE, no Enduro do Urânio. Aqui é uma daquelas provas memoráveis, onde fica marcada para toda a vida esportiva. Quem gostar realmente de Enduro de Regularidade já tem um endereço certo... todos se encontraram aqui!!!
As inscrições continuam abertas no site www.enduroceara.com.br. Entrem no Menu do Enduro do Urânio e reserve logo sua inscrição(80 vagas). As categorias são:

Sênior
Over-40
Júnior
Novato (10 trofeus)
Motos Rally
Quadriciclo Graduado
Quadriciclo Novato

Enduro Ceará

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Três assaltantes invadem Centro de Educação Infantil em Canindé

15/04/2015 - A ação dos criminosos aconteceu no início da tarde desta quarta-feira (15). Segundo às primeiras informações, três homens armados invadiram o Centro de Educação Infantil (CEI), Frei João Pedro, localizado no bairro Bela Vista, em Canindé.
Professores, funcionários e pais de alunos que estavam na unidade, foram roubados e tiveram vários objetos levados, como celulares, relógios e outros pertences. Segundo às vítimas, os ladrões foram bastante violentos.
No local, estudam crianças menores de 5 anos. A direção da escola esvaziou a unidade, por não ter mais condição de prosseguir com a aula.
Esta é segunda unidade escolar do município assaltada em menos de um mês. No último dia 18 de Março, a Creche Maria do Carmo Vilaça, que funciona provisoriamente, em prédio alugado, na rua João Pinto Damasceno, também foi alvo dos bandidos.
A Prefeitura de Canindé ainda não se pronunciou sobre o caso.

Canindé Online

CDL e SEBRAE realizam palestras sobre Comunicação Empresarial e Plano de Marketing

15/04/2015 - A Câmara dos Dirigentes Lojistas de Santa Quitéria, em parceria com o Escritório Regional do SEBRAE de Crateús, realizou na noite de ontem (14/04), em sua sede, duas palestras sobre Comunicação Empresarial e o Plano de Marketing Avançado, além de uma apresentação do Projeto Sebrae Mais.

A programação teve início com a palavra do presidente da entidade, Bonifácio Paiva, e em seguida, as apresentações, respectivamente, pelos consultores Galdino José de Freitas Júnior e Urandy Cruz e finalizou com um coquetel ao público presente.
Neste ano, a CDL planeja uma maior capacitação dos seus filiados, visto o fortalecimento do comércio quiteriense, que é esperado para alguns períodos.

Projeto Dias de Sobriedade encerra ciclo de palestras e realiza mesa redonda

15/04/2015 - O Projeto Prevenir ABRASP chegou a Santa Quitéria, com o objetivo de dar palestras de prevenção nas escolas de modo geral. Aqui em Santa Quitéria, o projeto visitou quatro escolas, entre elas a EEEP Monsenhor Luis Ximenes Freire, a Escola Estadual Júlia Catunda, o Colégio Dom Bosco e a Escola Municipal João Rodrigues Pinto. Em cada uma dessas escolas, houve a coleta e arrecadação de alimentos para serem doados a Fazenda da Esperança São Bento, localizada em Sobral.
O projeto levou até essas escolas, palestras abordando a importância da prevenção de drogas lícitas e não lícitas, além de alertar os perigos causados pelas drogas. Tal projeto já passou por 82 cidades do estado. E conta com a colaboração de ex-dependentes químicos, em que relatam seus depoimentos durante sua vida antes, durante e depois das drogas.
O encerramento do projeto se deu nessa terça-feira (14), no Salão Paroquial de Santa Quitéria, com a mesa redonda que discutiu-se os temas abordados pelo projeto em nossa cidade.

Henrique Moreira

Ligação de orelhões da Oi no Ceará será gratuita, diz Anatel

15/04/2015 - As ligações locais feitas para telefones fixos em orelhões da Oi em 15 estados não poderão ser cobradas a partir desta quarta-feira (15). A decisão foi tomada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), depois que a operadora não atingiu o patamar mínimo de disponibilidade nesses estados.
A medida vale para os estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe.
Procurada pelo G1, a Oi informou que "cumpre a determinação da Anatel de conceder a gratuidade em chamadas para telefones fixos locais feitas a partir de sua rede de telefonia pública nos 15 estados indicados pela agência reguladora.  A medida é temporária e permanecerá em vigor até que os patamares de disponibilidade de orelhões nestes estados estejam nos níveis indicados pela Anatel".
A disponibilidade da planta de orelhões deve ser de no mínimo 90% em todas as Unidades da Federação e de no mínimo 95% nas localidades atendidas somente por orelhões (acesso coletivo). Segundo a Anatel, na medição feita em 31 de março a Oi não atingiu esse patamar nesses estados.
As ligações serão gratuitas até que os patamares de disponibilidade sejam alcançados, afirma a agência.

Novas medidas
Estão previstas novas medições para 30 de agosto de 2015, 29 de fevereiro de 2016 e 30 de agosto de 2016 e a cada seis meses.
Os telefones públicos que não alcançarem os patamares mínimos nessas medições terão gratuidade também, a partir de 1º de outubro, para ligações de longa distância nacional. A partir de 1º de abril de 2016, a gratuidade se estende para telefones móveis com o mesmo DDD; e a partir de 1º de outubro de 2016, para os telefones celulares com DDD diferente.

G1

87% da população brasileira é a favor da redução da maioridade penal

15/04/2015 - Uma pesquisa realizada pelo Datafolha e divulgada nesta quarta-feira (15) pelo jornal 'Folha de S. Paulo' indicou que 87% da população brasileira é a favor da redução da maioridade penal. O número é o maior desde a primeira pesquisa realizada sobre o tema, em 2003, que apresentava uma taxa de aceitação de 84%.
Dos entrevistados, 74% acreditam na redução para qualquer tipo de crime, enquanto 26% acreditam que a medida deve valer apenas para alguns delitos.
O tema é objeto de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) e visa fixar em 16 anos, atualmente é 18, a idade em que uma pessoa pode ser presa.
A proposta ainda está em discussão na Câmara, através de uma comissão especial, e três meses será o período de análise. Se aprovada, ela segue para o Senado.
A maior parte dos que aprovam, segundo o Datafolha, está nas regiões Centro-Oeste, com 93%, e Norte, com 91%. Já a maioria contrária em relação à mudança está entre os mais escolarizados, que mostraram 23%, e os mais ricos, com 25%.
Ao todo, 11% são contra, 1% são indiferentes e mais 1% não soube responder.

Idade
45% dos entrevistados pelo instituto acreditam que  16 e 17 anos são a idade mínima para uma pessoa ser presa. Outros 28% definiram como uma idade mínima o período entre os 13 e os 15 anos.
12% apontaram a idade entre 18 e 21 anos enquanto 11% acredita que com 12 anos uma pessoa já pode ser levada para a cadeia.
Já na Câmara, 14 dos 27 deputados que discutem a medida acreditam que a redução só deve ocorrer para crimes hediondos, como homicídio qualificado, latrocínio, estupro e sequestro.
Ainda em 2006, em outra pesquisa, 84% da população brasileira era a favor da redução. A margem de erro da pesquisa é dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Redação Web