Últimas Notícias

Os últimos preparativos estão sendo realizados para a grande solenidade, nesta terça (26), às 16h, na Praça do Bradesco, de inauguração do Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRAIO) e do Sistema de Videomonitoramento, em Santa Quitéria.
As movimentações na cidade são intensas nesta segunda (25), com a chegada dos veículos que e a finalização do prédio que abrigará o batalhão, na saída para Sobral.
Na oportunidade, o governador Camilo Santana também inaugurará a pavimentação da CE-463, no entroncamento da CE-366 ao distrito de Trapiá.


O Departamento Estadual de Trânsito realiza hoje (25) e amanhã (26), a validação dos candidatos inscritos para o programa Carteira de Motorista Popular, no município de Santa Quitéria.
O atendimento está acontecendo na Escola Júlia Catunda, por ordem de chegada e segue até as 17h.
Os candidatos devem entregar as seguintes documentações, além de cópias do CPF, identidade e comprovante de endereço.

Alunos de escola pública
  • Declaração de matrícula (se estiver cursando)
  • Xerox autenticada do certificado de conclusão (se estiver concluído)
Beneficiários do programa Bolsa Família
  • Declaração do Bolsa Família autenticada
Portador de deficiência física
  • Xerox do atestado médico com número do CID (Classificação Internacional de Doença)
Pessoas egressas e libertas do sistema penitenciário
  • Xerox do alvará de soltura

ATENÇÃO! Todas as declarações devem ter firma autenticada em Cartório.

Nove municípios no Ceará não registraram homicídios contra adolescentes de 10 a 19 anos nos últimos 17 anos. Em um Estado com 184 municípios, as cidades se tornam exceção e chamam atenção para o cuidado com crianças e adolescentes. Os dados são do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, repassados pela Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (SESA).
As cidades são: Palhano (Vale do Jaguaribe), Guaramiranga (Maciço do Baturité), Potiretama (Vale do Jaguaribe), Pires Ferreira (Região Norte), Moraújo (Região Norte), Senador Sá (Sertão de Sobral), Chaval (Litoral Norte), Umari (Centro Sul) e Granjeiro (Cariri).
Em comum, os 9 municípios possuem uma população abaixo de 10 mil habitantes de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Em contrapartida, as 175 cidades restantes somam 9.511 assassinatos contra adolescentes no mesmo período. No ano passado, o Ceará bateu recorde de assassinatos em toda história do Estado, com mais de 5 mil homicídios.

Tribuna do Ceará

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni) começam amanhã (26). Os interessados podem consultar as vagas que serão ofertadas no segundo semestre na página do programa.
Ao todo serão oferecidas 174.289 vagas, sendo 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais em 1.460 instituições de ensino superior privadas. As vagas podem ser consultadas por curso, por instituição ou por município.
Para se candidatar, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, ter alcançado no mínimo 450 pontos e ter tido nota superior a zero na redação.
Além disso, só podem participar alunos brasileiros sem curso superior e que tenham cursado o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada.
Alunos que fizeram parte do ensino médio na rede pública e a outra parte na rede privada na condição de bolsista ou que sejam deficientes físicos ou professores da rede pública também podem solicitar uma bolsa.

Bolsa integral
O candidato que quiser uma bolsa integral deve ter uma renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais de 50% são destinadas aos alunos que têm uma renda familiar per capita de até três salários mínimos.
Quem conseguir uma bolsa parcial, e não tiver condições financeiras de arcar com a outra metade do valor da mensalidade, pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).
As inscrições poderão ser feitas de amanhã (26) até sexta-feira (29), na internet. Os resultados com a lista dos candidatos pré-selecionados estarão disponíveis também na página do ProUni, a partir do dia 2 de julho para a primeira chamada, e 16 de julho para a segunda.

Aplicativo
Os candidato podem baixar o aplicativo do ProUni, disponível na Google Play e App Store. A inscrição deve ser feita pela internet, mas pelo aplicativo o estudante pode acompanhar as divulgações das notas de corte dos cursos, pesquisar bolsas e acompanhar todo o calendário do processo seletivo.

De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), 58.584 trabalhadores do Ceará ainda não sacaram o Abono Salarial do PIS/Pasep ano base 2016. O prazo termina na próxima sexta-feira (29).
Cerca de R$ 45,1 milhões estão disponíveis para saque na Caixa e no Banco do Brasil em todo o Estado. Quem tem direito ao benefício mas não procurar uma agência bancária até a data, vai perder o dinheiro.
O Abono Salarial ano-base 2016 começou a ser pago em 27 de julho de 2017. Desde então, foram pagos 60.070 trabalhadores no Ceará, o que representa 91,51% do total. Os valores sacados até 18 de junho de 2018 (última atualização) somam R$ 46,1 milhões.
O valor que cada trabalhador tem para sacar depende de quanto tempo ele trabalhou formalmente em 2016 na iniciativa privada ou no serviço público. Quem trabalhou o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário mínimo (RS 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é R$ 80. “Se a pessoa trabalhou um mês, recebe 1/12 do valor, se trabalhou dois meses, 2/12, e assim sucessivamente”, explica o chefe de divisão do Abono Salarial do Ministério do Trabalho, Márcio Ubiratan.

Critérios da lei
O Abono Salarial do PIS/Pasep é um benefício pago anualmente a trabalhadores que se enquadram nos critérios da lei. Para ter direito a receber o dinheiro é necessário ter trabalhado formalmente por pelo menos um mês durante o ano-base (nesse caso 2016), com remuneração média de até dois salários mínimos. Além disso, o trabalhador precisa estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).
O recurso é proveniente do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que é formado por depósitos feitos pelos empregadores do País. Além do Abono Salarial, o FAT custeia o Programa de Seguro-Desemprego e financia programas de desenvolvimento econômico. Por isso, os recursos do Abono que não são sacados pelos trabalhadores no calendário estabelecido todos os anos retornam para o Fundo para serem usados nos demais programas.
Os trabalhadores da iniciativa privada devem procurar a Caixa. A consulta pode ser pessoalmente, pela internet ou no telefone 0800-726 02 07. 
Para os servidores públicos, a referência é o Banco do  Brasil, que também fornece informações pessoalmente, pela internet e pelo telefone 0800-729 00 01.

Diário do Nordeste

O crescimento da violência e a elevada quantidade de mandados de prisão em aberto representam, para os próximos anos, uma verdadeira bomba no sistema carcerário do Ceará. Essa realidade é traçada com base nos números do Conselho Nacional de Justiça, CNJ, e está, nesta segunda-feira, 25, em uma reportagem do Jornal O Globo. Os números mostram que o Ceará, com 20.797 detentos, tem a quarta maior população carcerária do País e é campeão, no Nordeste, em número de mandados de prisão em aberto. São 13.195 autores de delitos à espera da prisão.
As estatísticas do CNJ mostram que, se todos os mandados de prisão na Grande Fortaleza e no Interior fossem cumpridos, mais 13.195 detentos estariam abrigados nas cadeias e presídios administrados pelo Estado. Isso significaria, ainda, que, nesse cenário, o Ceará teria uma população carcerária com 33.992 presos – a terceira maior do País, ficando atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro.
A pesquisa do Conselho Nacional de Justiça coloca nas mãos do Governo do Estado uma realidade com um pesado impacto financeiro e econômico para o poder público. Isso, porque, se torna ainda mais urgente a ampliação do número de vagas nos presídios da Região Metropolitana de Fortaleza e no Interior do Estado. Hoje, segundo o CNJ, baseado em informações de Secretaria de Justiça do Estado, o Ceará dispõe de 11.577 vagas no sistema penitenciário. O déficit é de 6,8 mil vagas.  Ou seja, há uma superlotação que dificilmente será contida nos próximos 10 anos.
O Brasil possui, atualmente, conforme os dados do CNJ, 143.967 mandados de prisão em aberto. A população carcerária é estimada em 726.712 presos. O Estado de São Paulo, segundo o Conselho Nacional de Justiça, tem 150.995 presos e 20.368 mandados de prisão em aberto, seguido pelo Rio de Janeiro (74.875 detentos e 34.058 mandados de prisão em aberto). O terceiro Estado com o maior número de presos é Pernambuco, com 26.881, vindo, em quarta posição no Brasil e segunda no Nordeste, o Ceará, com 20.797 presos. Pernambuco, se comparado com outros estados do Nordeste, tem 6.566 mandados de prisão em aberto, menos da metade do que o Ceará – 13.195. O terceiro maior número de mandados de prisão em aberto está no Pará – 13.664, onde se encontram 15.565 detentos.


Ceará Agora

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget