Fechar (X)

http://www.avozdesantaquiteria.com.br/p/anuncie-seus-produtos-ou-faca-suas.html

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Motos apreendidas em Santa Quitéria serão transferidas para o Detran de Fortaleza

27/11/2014 - As motocicletas que estão sendo apreendidas em Santa Quitéria, agora estão sendo encaminhadas para o Detran, caso os proprietários não se manifestem para retirar e regularizar os veículos.
Segundo o secretário de segurança Raimundo Nascimento, esta ação já vem sendo feita há alguns dias, sendo que nessa semana, duas motos já foram enviadas, uma Honda CG 125 KS, de placa NKU-9489, que está apreendida desde 2013 e uma Honda ML 125, de placa HB-595, inscrição de Sobral, apreendida desde 2012, por estar com a documentação atrasado e sob a condução de um menor.

Pedreiro, Roberto é goleiro e treinador do Santa Quitéria para II Copa TVM de Futsal

27/11/2014 - Três em um. Pode-se dizer que Roberto é um homem de muitas habilidades. Pedreiro, ele é também goleiro e treinador do time de Santa Quitéria para a II Copa TV Verdes Mares de futsal. Aos 32 anos, Roberto comanda e é, ao mesmo tempo, companheiro de jovens atletas que começam a disputar o segundo zonal da competição nesta quinta-feira (27).
- Para mim, fica muito difícil. Como estou no gol, tenho de prestar atenção nas bolas que vêm, orientar os jogadores e principalmente mandar quem vai substituir o outro dar algum tipo de orientação - conta Roberto. 
Na cidade de Santa Quitéria, distante 220 quilômetros de Fortaleza, o goleiro e técnico começa o treinamento em uma obra, como pedreiro, ao lado do pai, Zé Maria. Zé não esconde o orgulho do filho e admite ter ajudado com a quantia de R$ 1500 para levar a liga desportiva à cidade no interior do Estado. 
- Ele tem mais prazer no futebol. Trabalha na obra satisfeito, mas é mais satisfeito no gol - conta o pai de Roberto.

Do filho, as palavras também são de agradecimento e gratidão. 
- Meu pai é o maior orgulho que eu tenho. Deixou consciente daquilo que eu quero e que pretendo ter - afirma. 
Nos treinos, Roberto conta com um auxílio precioso, o do empresário Romildo Queiroz, que faz a função de goleiro quando o pedreiro resolver ser treinador. Romildo destaca o envolvimento dos mais de 40 mil habitantes de Santa Quitéria, com bingos e até mesmo um site para conseguir fundos para o time.
- A cidade está envolvida, a população ajuda, criamos um site e vamos com a corda toda - explica o empresário.
- Digo para eles terem calma, usarem um pouco da inteligência e a adrenalina jovial quem eles têm para vencermos - finaliza Roberto, sobre a maneira de motivar o grupo.

Clique aqui para assistir a reportagem.
 
Globo Esporte.com

Dupla finge jogar futebol e lança bola 'recheada' de droga a presídio no CE

27/11/2014 - Dois homens foram presos em flagrante na manhã desta quarta-feira (26) arremessando uma bola de futebol “recheada” de drogas e celulares para o interior de um presídio em Pedra Branca, no interior do Ceará. Os suspeitos fingiam jogar futebol em um campo atrás da Cadeia Pública da cidade e foram vistos por câmeras de segurança.
“Eles não estavam jogando bola. Chegaram ao campo disfarçando, fingindo que brincavam e chutaram a bola de propósito pra dentro da cadeia. Foi tudo filmado por câmeras de segurança da Polícia Civil, que acionou o reforço”, explica um policial civil que prefere não se identificar.
A bola rolou no chão da cadeia e os agentes suspeitaram da movimentação. “Suspeitamos, abrimos a bola com uma faca e vimos que ela estava recheada com itens ilícitos para este local”, relata o policial.
No interior da bola havia dois celulares, um carregador, senhas de crédito para celular e uma porção de maconha. “Veja até onde vai a inteligência humana, mas para o lado do mal”, comentou o delegado da Polícia Civil Lopes Custódio, em uma rede social.
A Polícia Militar prendeu os dois em flagrante e levados para o mesmo presídio para onde lançaram a bola de futebol com os celulares. De acordo com os policiais, um dos dois suspeitos assumiu o crime. O segundo negou e alegou desconhecer o conteúdo no interior da bola.

G1 CE

Planalto confirma Levy e Barbosa na Fazenda e Planejamento

27/11/2014 - O Palácio do Planalto confirmou agora a pouco os primeiros nomes de ministros da equipe do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff – Joaquim Levy (Fazenda), Nelson Barbosa (Planejamento). Alexandre Tombini permanecerá como presidente do Banco Central, cargo com status de ministro.
Conforme já havia sido informado, durante a transição, Levy e Barbosa usarão gabinetes no Palácio do Planalto. Eles já se reuniram com a presidente Dilma Rousseff e vão trabalhar na montagem de um plano de ajuste da economia.
O economista e engenheiro Joaquim Levy atuou nos governos de Fernando Henrique Cardoso (secretário-adjunto de Política Econômica do Ministério da Fazenda e economista-chefe do Ministério do Planejamento), Luiz Inácio Lula da Silva (secretário do Tesouro Nacional).

Redação Web

Justiça manda Coelce emitir fatura com dois códigos de leitura ótica

27/11/2014 - A Justiça decidiu ,através do juiz Raimundo Lucena Neto, que a Companhia de Energia Elétrica do Estado do Ceará (Coelce) deve emitir fatura sobre o consumo de energia elétrica com dois códigos de leitura ótica, sendo um referente ao valor cobrado pelo consumo de energia elétrica e o outro código com o valor da contribuição de iluminação pública. A determinação foi assinada no último dia 19 e atende ao pedido do Ministério Público do Estado do Ceará, feito através do promotor de Justiça Cleiton Sena de Medeiros.
A intenção é que a população seja informada de forma correta e clara os valores correspondentes a cada um dos códigos. A medida deve ser cumprida no prazo de até 30 dias. Em caso de descumprimento, a multa diária é no valor de R$ 1 mil.
Na ação, o MPCE entende como abusiva a cobrança por um código de barras único porque obstaculizaria a eventual contestação da exação pelo usuário, sem risco de corte no fornecimento de energia.

* Com informações do Ministério Público do Ceará.

Deputado José Teodoro passa mal durante discurso na Assembleia

27/11/2014 - O deputado e professor José Teodoro (PSD) passou mal enquanto discursava na tribuna da Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (27).
Durante a fala, ele ficou ofegante e não conseguiu continuar, chamando a atenção dos deputados, que o socorreram na tribuna. Teodoro foi carregado pelos colegas para uma sala próxima onde foi atendido por em enfermeira de plantão da Assembleia.
O professor sofre de diabetes, e a suspeita é que se tratou de um caso de hipoglicemia. Cerca de 20 minutos depois, ele retornou ao plenário. Teodoro passa bem, e conseguiu melhorar após ingerir glicose. Ele permaneceu alguns minutos ainda na sessão, mas já deixou a Casa acompanhado dos assessores.

Diário do Nordeste

Pelé tem 'instabilidade clínica' e segue internado

27/11/2014 - Pelé, 74, teve uma instabilidade clínica e foi transferido para ser monitorado em uma unidade de cuidados especiais do hospital Albert Einstein, segundo boletim médico divulgado nesta quinta-feira (27).
O ex-jogador voltou a ser internado na noite de segunda-feira (24). Ele passou por exames de revisão após uma cirurgia de cálculos renais. A partir dessa avaliação foi diagnosticada uma infecção urinária. A internação de Pelé ocorre exatos 11 dias após ele ter recebido alta no mesmo hospital, na zona sul da capital.

Primeira internação
Na primeira vez que foi internado, ex-jogador sentiu uma indisposição estomacal, causada pela alimentação, durante a tarde do último dia 12. Até cancelou a participação em um evento no Museu Pelé, em Santos, no qual faria um pronunciamento. Os exames detectaram cálculos ("pedras") renais, ureterais e vesicais (bexiga) e Pelé foi submetido a uma cirurgia no último dia 13. Recebeu alta no sábado, no dia 15. Em 2012, Pelé também ficou internado no hospital Albert Einstein, onde passou por uma cirurgia de artroplastia total de quadril direito.
Na ocasião, o médico responsável pelo procedimento disse que o problema fora causado pelo esforço feito por Pelé ao longo da vida, principalmente com a carreira como jogador de futebol. A falta de tempo para dedicar as sessões de fisioterapia fizeram a recuperação do ex-jogador se alongar. Em alguns eventos ele chegou até a utilizar uma bengala.
Apesar dos problemas de recentes de saúde, o ex-atleta não tem planos de aposentadoria. De acordo com seu estafe, Pelé continuará trabalhando com eventos e fazendo campanhas publicitárias enquanto tiver saúde para isso e já tem projetos visando a Olimpíada do Rio 2016 e também a próxima Copa do Mundo, em 2018, na Rússia.
Neste ano, Pelé inaugurou um museu sobre sua história no centro de Santos. Viajou para vários países para compromissos publicitários antes e até mesmo durante a Copa do Mundo no Brasil.

Folhapress

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Hidrolandenses se preparam para a VI Moto Romaria

26/11/2014 - No próximo domingo (30), irá acontecer a VI Moto Romaria de Hidrolândia a Canindé. Este evento ocorre desde o ano de 2009 quando foi realizado pela primeira vez, na ocasião o número de participantes era mais restrito a um grupo de amigos, mas, nos anos seguintes o número de participantes foi aumentando e neste ano a organização do evento está esperando a adesão de pelo menos 200 motoqueiros.
A concentração será a partir das 05h30mim da manhã em frente à igreja matriz de Hidrolândia onde na ocasião o Pe. Fábio Nascimento estará dando a bênção para os romeiros e seus respectivos transportes.
A saída está prevista para as 06h00min, e a ideia do grupo é participar da santa missa, além de fazer visitas aos locais sagrados da cidade de Canindé, entre os quais, a Basílica de São Francisco, a gruta, a casa dos milagres (onde se encontra os ex-votos), a estátua de São Francisco entre outros. A chegada em Hidrolândia está prevista para o final da tarde.

Hidrolândia 24 Horas

Dilma Rousseff e Aécio Neves gastaram R$ 534 milhões

26/11/2014 - A campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff declarou ontem à Justiça Eleitoral ter arrecadado cerca de R$ 318,52 milhões, sem dívidas. A candidatura da presidente gastou cerca de R$ 318,35 milhões na corrida ao Palácio do Planalto, quantia abaixo do teto de gastos previsto, de R$ 383 milhões.
O excedente de R$ 169 mil, de acordo com lideranças da sigla, será repassado para o a direção nacional do PT, para ajudar a pagar dívidas de outras campanhas eleitorais do partido.
O comitê financeiro da presidente vai declarar ainda cerca de R$ 32 milhões em despesas estimadas, ou seja, aquelas referentes a materiais de campanha a governador e deputados nos quais a imagem e nome da presidente também apareceu. O custo da campanha chega, portanto, a R$ 350 milhões.
Durante a disputa, os petistas diziam que a meta era acabar a campanha sem nenhuma dívida.
Para isso, foi necessário fazer um esforço de última hora --no início de novembro, o déficit chegava a quase R$ 20 milhões. Os maiores gastos foram os referentes a marketing, comunicação e deslocamentos.

PSDB deve R$ 15 mi
A campanha do segundo colocado na disputa, Aécio Neves (PSDB), também entregou os dados nesta terça à Justiça Eleitoral, mas os números oficiais não estavam disponíveis até o fechamento.
 Segundo a reportagem apurou, o PSDB arrecadou cerca de R$ 201 milhões e gastou cerca de R$ 216 milhões - terminou a campanha com uma dívida de em torno de R$ 15 milhões. Os números foram informados por integrantes da campanha tucana. 

Folhapress

Culpa pela má avaliação da saúde deve ser dividida, diz Izolda

26/11/2014 - Setor do Estado mais criticado pela população cearense, a saúde foi o foco da reunião de transição entre o governador eleito Camilo Santana (PT) e gestores da pasta. Questionada sobre a má avaliação pública do setor, a vice-governadora eleita e “porta-voz” da equipe no encontro de ontem, Izolda Cela, alegou que as responsabilidades são compartilhadas com municípios e União e defendeu os esforços do atual governo de “desafogar” a rede hospitalar de Fortaleza.
A transição amigável entre o Governo Cid Gomes (Pros) e a nova gestão Camilo tem publicizado poucos detalhes sobre índices e diagnósticos apresentados no Palácio da Abolição. O clima é de “celebração de avanços” e de autocríticas genéricas sobre as lacunas que serão deixadas como herança ao petista.
Perguntada sobre o destino do modelo terceirizado de gestão da saúde – hoje comandado pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), Izolda afirmou que o Estado está satisfeito com os resultados obtidos na administração dos hospitais do Interior e disse que a manutenção do contrato com o Instituto não foi debatido na reunião.
A apresentação do diagnóstico da saúde era uma das condições para que o novo governo pudesse começar a mensurar o “enxugamento” da máquina pública para 2015. Sobre isso, Izolda esclareceu que só ao final desta etapa da transição os cálculos serão feitos. Segundo ela, os cortes deverão atingir as áreas administrativas, que não impactem o atendimento à população.
Ainda segundo Izolda, as secretarias deverão apresentar, no início de 2015, um planejamento com o número de vagas de concurso público necessárias, para que o novo governo faça um “cronograma” para as seleções.

O POVO Online

Camilo declarou mais despesas que receitas

26/11/2014 - A prestação de contas declarada pelo governador eleito Camilo Santana (PT) junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revelou que as despesas referentes aos três meses de campanha eleitoral do petista exigiram mais recursos que o montante arrecadado em forma de doação durante o mesmo período.
O governador eleito Camilo Santana declarou ao Tribunal Superior Eleitoral, segundo o relatório divulgado ontem no próprio site do órgão, ter gasto na campanha eleitoral deste ano um total de R$ 51.060.437,44.
O valor total das despesas declaradas pelo petista, no entanto, terminaram acima do montante recebido como doação pelo próximo governador durante a campanha eleitoral deste ano, já que a receita informada ao TSE ficou apenas em R$ 39.921.772,68. Ontem foi o último dia para os candidatos que disputaram o segundo turno apresentarem a prestação das contas eleitorais.
No relatório com os gastos de campanha, as despesas foram especificadas com o custeio dos serviços prestados por terceiros, publicidade por materiais impressos, carros de som, placas, estandartes e faixas. Também exigiram a destinação de recursos as despesas com o transporte e deslocamento, com a instalação física de comitês de campanha, com produção de programas de rádio e televisão e com a realização de comícios.

Notas fiscais
As notas fiscais emitidas durante a campanha com os valores mais altos foram motivadas pelos custos com a produção de jingles ou vinhetas e com o custeio das atividades de militância ou mobilização de rua. Somente em um documento registrado, esses tipos de despesa chegaram a ser de cerca de R$ 2 milhões.
Já no relatório de receitas declarado por Camilo Santana, foi constatado que apenas três das doações feitas ao petista vieram de pessoas físicas, Pedro Bartelle, Giovanna Bartelle e Mara Cristina Nunes de Camargo. Todos são acionistas da Grendene, empresa brasileira de fabricação de calçados, e a soma das doações do trio chegou a R$ 1 milhão.
Camilo Santana também recebeu repasses advindos de doações feitas por empresas, como a JBS, e encaminhados pelo comitê de campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff e pelos diretórios tanto nacional e estadual do PT.
As demais verbas foram doadas por outras grandes empresas, sendo as construtoras as principais fontes de recursos para arcar com as despesas da campanha de Camilo Santana. Batista Cavalcante, Beija-Flor, Cetro , Getel, Marquise, Marte, Morais Vasconcelos, Fujita Engenharia e JMD Construções estão entre as construtoras que constam no relatório de receitas do petista divulgado pelo TSE. A maior doação feito a Camilo em apenas uma transferência eletrônica foi da JBS, que chegou a repassar em apenas uma movimentação um total de R$ 3 milhões. Totalizando R$ 7 milhões.

Eunício
O TSE também divulgou a prestação das contas eleitorais do senador Eunício Oliveira (PMDB). No início do mês, apenas o comitê de campanha do peemedebista havia apresentado ao órgão o relatório de receitas e despesas.
No documento divulgado ontem, o peemedebista declarou ter gasto com as atividades de campanha o montante de R$ 49.275.310,04. Já no relatório com as receitas, Eunício Oliveira informou ter recebido como doação um valor pouco maior que as despesas registradas, um total R$ 49.277.410,12, e teve como um dos doadores o comitê de campanha do senador eleito Tasso Jereissati (PSDB).

Diário do Nordeste

Congresso mantém os 38 vetos da presidente Dilma Rousseff

26/11/2014 - O Congresso Nacional manteve os 38 vetos da presidente Dilma Rousseff, que trancavam a pauta das sessões conjuntas desde o início do ano. O resultado foi anunciado pelo presidente do Senado e da Mesa do Congresso, Renan Calheiros. Segundo ele, nenhum dos vetos alcançou a maioria absoluta exigida para a derrubada, ou seja, pelo menos 257 deputados e 41 senadores. Ao todo, foram submetidos a voto 314 dispositivos. Houve 325 votos na Câmara e 42 no Senado. O resultado da votação de cada item da cédula não foi divulgado.
Com a pauta liberada, o Congresso deverá voltar a se reunir hoje para analisar o projeto que muda o cálculo do superavit, desobrigando o governo de cumprir a atual meta fiscal (PLN 36/14).
A análise dos vetos se deu em sessão conjunta (Câmara e Senado) realizada ontem, mas, como o processo foi feito por meio de cédulas impressas, com as quais cada parlamentar se manifestou sobre todos os vetos de uma única vez, a apuração do resultado só foi concluída na manhã desta quarta pela Subsecretaria de Informática do Senado (Prodasen). Todas as outras 11 sessões que haviam sido convocadas para analisar vetos este ano não se realizaram – por falta de acordo ou por falta de quórum.
Para ser derrubado, um veto precisa do voto contrário de 257 deputados e de 41 senadores, pelo menos.
Havia a expectativa de derrubada de pelo menos um deles, o que estipula regras para a criação, a incorporação, a fusão e o desmembramento de municípios (Projeto de Lei Complementar 397/14).
Este foi o segundo projeto sobre esse tema vetado totalmente pela presidente. De autoria do senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), o projeto estabelece que a população mínima do distrito que pretende se emancipar será diferenciada por regiões: mínimo de 6 mil habitantes para o Norte e o Centro-Oeste; de 12 mil para o Nordeste; e de 20 mil para o Sul e o Sudeste.
Ao vetar a matéria, o argumento do governo foi de que a proposta não afasta o problema da responsabilidade fiscal na Federação, o que causaria aumento de despesas com mais estruturas municipais sem a correspondente geração de novas receitas, mantidos os atuais critérios de repartição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).
Entretanto, como grande parte de parlamentares já mostrava disposição de derrubar esse veto, o governo voltou atrás e liberou a bancada da situação por não envolver aumento de despesas da União.

Minirreforma eleitoral
Também foi mantido veto parcial ao Projeto de Lei 6397/13, do Senado, que ficou conhecido como minirreforma eleitoral por mudar regras para as eleições, para a propaganda eleitoral na TV e na internet e por simplificar a prestação de contas dos partidos.
O PMDB anunciou que orientou sua bancada para votar contra o veto. Entre os itens barrados pela presidente quando da sanção da minirreforma (Lei 12.891/13) está a restrição à propaganda em bens particulares, seja por meio de placas, faixas, cartazes, bandeiras ou pinturas.
O argumento do governo é que a restrição “limita excessivamente os direitos dos cidadãos de se manifestarem a favor de suas convicções político-partidárias”.
De acordo com o texto vetado, seria permitido apenas o uso de adesivos, limitados ao tamanho de 50x40 cm.

Armas de fogo
Quanto ao Projeto de Lei 6565/13, do Executivo, que concede aos agentes e guardas prisionais porte de arma de fogo mesmo fora de serviço, foi mantido o veto da presidente a esse direito aos guardas portuários.
Ao sancionar o projeto, transformado na Lei 12.993/14, o governo argumentou que não há dados concretos que comprovem a necessidade da autorização para essa categoria e isso poderia resultar em aumento desnecessário do risco em decorrência do aumento de armas em circulação, contrariando a política nacional de combate à violência e o Estatuto do Desarmamento.

Regulamentação de ONGs
Destaca-se ainda o veto parcial ao Projeto de Lei 7168/14, do Senado, que disciplina a parceria entre a administração pública e as entidades privadas sem fins lucrativos (ONGs). O texto foi transformado na Lei 13.019/14 e sua entrada em vigor foi adiada pela Medida Provisória 658/14 a pedido das entidades.
Um dos itens vetados previa a dispensa de chamamento público quando o objeto do termo de fomento ou da colaboração estivesse sendo realizado adequadamente pela mesma organização, ininterruptamente, há pelo menos cinco anos. Segundo o Executivo, isso permitiria a perpetuação de parcerias, “contrariando o espírito geral do texto”.
Outro ponto vetado estendia as novas regras às empresas públicas e sociedades de economia mista.

Regulamentação das farmácias
Os parlamentares mantiveram ainda o veto parcial sobre as atividades das farmácias e sua fiscalização, constantes da Lei 13.021/14, oriunda do Projeto de Lei 4385/94.
Um dos itens vetados exigia que os postos de medicamentos, os dispensários de medicamentos e as unidades volantes, licenciados na forma da Lei 5.991/73, se transformassem em farmácia no prazo de três anos da publicação da lei.
De acordo com o governo, isso colocaria em risco a assistência farmacêutica à população de diversas regiões do País, principalmente nas localidades mais isoladas.

Desconto em passagem
Em relação ao Projeto de Lei 4571/08, do Senado, que disciplina a concessão de meia-entrada a estudantes em espetáculos esportivos e culturais, os parlamentares votaram vetos como ao da exigência de que o desconto na passagem de ônibus local para os estudantes fosse concedido mediante o uso da carteirinha prevista para acesso à meia-entrada nos espetáculos esportivos e culturais.
O Executivo argumenta que a regulação desse detalhe interfere na competência dos municípios, de regulamentar o transporte público local. A matéria foi transformada na Lei da Meia-Entrada (12.933/13).

* Com informações da Agência Câmara.

Santa Quitéria é destaque em reportagem sobre o "Parto dos Anjos"

26/11/2014 - Não se tem a conta de quando a cultura, na humanidade, passou a dar explicações e respostas para o fenômeno inalienável da morte. Na antiguidade greco-romana, morte e vida eram aliadas. Quando alguém falecia, já dizia-se que seu sepultamento fertilizava a terra. Cada pedaço de chão tinha como sagrado o espírito governante, advindo do ancestral ali enterrado. Era o homem de volta à terra de que seria feito. Nessa época, construíam-se casas ao lado dos túmulos, tendo morte e vida uma noção de aliadas. Com o cristianismo, a ressurreição trouxe caráter de oposição entre vida e morte, sendo esta apenas a passagem para uma nova vida. O sagrado, portanto, não ficava na terra para fertilizá-la. Subia aos céus.
Se for criança, torna-se anjo. O Sertão nordestino nunca tinha visto tantos cemitérios de anjinhos quanto no século XX depois de Cristo. Eram espalhados pelas vilas, na beira das estradas. Em pequenas redes ou caixões de papelão, os corpos de crianças moribundas, só couro e osso, eram sepultados aos montes. Problemas gastrointestinais, de diarreia, disenteria, resumidos na "doença de criança", fazia vítimas de um holocausto particular. As mães, ao fazerem a conta de rebentos, somavam entre filhos e anjinhos.
A realidade no início do século XXI é diferente. Houve drástica redução de óbitos por desidratação causada pela diarreia. Contudo, as mortes de crianças, portanto, o nascimento de anjos, mesmo assistidas no hospital ainda é mais comum do que se imagina, sobretudo na camada mais pobre. Embora a maioria tenha sido desativados, os cemitérios de anjos continuam funcionando nos interiores do Nordeste. Se de um lado estão significados do sobrenatural; do outro, revelam a exclusão de famílias que também enterram seus entes ali porque, em cemitérios oficiais, não teriam onde cair mortos. 
Hoje, como ontem, a presença da ausência ainda condiciona a vida de mães e pais do Sertão. Cada um com sua dor, ao seu modo, mas em um sertão que, tal qual a dor, é universal. E já que o caminho do céu para elas pode ser de pedras, a tradição cristã popular aponta medidas, com algumas variantes de tempo e espaço, consideradas necessárias para ajudar os pequenos anjos a encontrar o caminho da luz. Atravessando gerações transmitidos pela oralidade, ritos ajudam a ressignificar, para quem fica, a nova vida de quem já morreu. Saberes conferidos nas rezadeiras, parteiras, pais de santo, benzedeiras ou, simplesmente, mães do Sertão.
Os ritos e símbolos podem ser conferidos em cemitérios de anjinhos como o da comunidade Primavera, em Santa Quitéria, no Sertão Central do Ceará. É um dos campos santos clandestinos mais antigos ainda a receber crianças falecidas no Ceará. Fica às margens da BR-020, que liga Fortaleza a Brasília e é o principal caminho de milhões de romeiros que vão e vêm todos os anos em paus de arara para a festa de São Francisco das Chagas, em Canindé, no mesmo Sertão Central.

Vidas naufragadas
As cruzes rasteiras são o único aviso, feito âncoras de vidas naufragadas. Pelo menos 28 delas se individualizam. A maioria apenas com alguns tijolos cimentados e riscados com pedra ou pau indicando as datas extremas de nascimento e morte. Alguns trazem os nomes das crianças. Garrafas Pet cheias de água são colocadas em cima dos túmulos, "para que os anjinhos não tenham sede", afirma a rezadeira Edileuza Moura. Até a localização do cemitério é para que não se sintam sozinhos. De acordo com a benzedeira Odília Xavier, o enterro numa encruzilhada é necessário, sobretudo, para as crianças pagãs, que não tiveram tempo de ser batizadas. "Alguém que passe e ouça um choro de menino faz o sinal da Cruz e pede a Deus que guarde aquele anjo", explica.
Em outras simbologias, feitas de afeto, enterrar a criança de olhos abertos, colocar uma vela em sua mão logo no último suspiro de vida, para iluminar o caminho da alma que desprende do corpo. Em outros, é dito para a mãe não demonstrar seu sofrimento. Chorar pode fazer as lágrimas molharem as asas do anjo. Anjos com asas molhadas não voam.
Era fim de tarde, encontramos Joaquim Gonzaga, de 59 anos, cavoucando três palmos no chão para abrigar a neta Quitéria Lívia - não viveu seis dias completos. Bruno Silva, seu único irmão, faz o enterro. Inconsoláveis, os pais ficaram em casa. Choram longe para garantir que Lívia subiria ao céu.

Confira o web documentário da série:


Confira mais reportagens da série aqui.

Diário do Nordeste

Santa Quitéria enfrenta Trairi nesta quinta pela Copa TV Verdes Mares de Futsal

26/11/2014 - As atenções dos salonistas da Capital e Interior cearense estão voltadas, nesta quinta-feira, 25, para a cidade de Mombaça, que sedia o II Zonal - Grupo B da edição 2014 da Copa TV Verdes Mares. Esse grupo conta, além da seleção da cidade-sede, Mombaça, com os selecionados dos municípios de Trairi, Itapipoca e Santa Quitéria. A rodada de quinta-feira (27), com jogos no Ginásio Cândido Neto, será iniciada com o duelo Santa Quitéria x Trairi, às 19h30; e às 21h, Mombaça x Itapipoca. 
Na rodada da sexta-feira, 28, o vencedor do primeiro jogo da quinta enfrenta o perdedor do segundo jogo também da quinta; e o vencedor da segunda partida pega o perdedor do primeiro jogo. E no sábado, 29, os vencedores do primeiro e segundo jogos se enfrentam, às 8h30, com esse duelo sendo transmitido ao vivo pela TV Verdes Mares.

Primeiras seleções classificadas para fase final
Duas seleções já estão garantidas na fase final da Copa TV Verdes Mares, os selecionados de Russas e São João do Jaguaribe, respectivamente primeiro e segundo colocados do Grupo A, que foi disputado na cidade de São João do Jaguaribe, no período de 20 a 22/11. A disputa da fase decisiva da II Copa TV Verdes Mares está programada para a cidade de Tianguá, no período de 14 a 20/12. Da etapa final do certame participarão as oito seleções classificadas dos quatro zonais do torneio - campeão e vice-campeão, mais a seleção da cidade-sede da fase final e o selecionado melhor terceiro colocado.

Diário do Nordeste

CDL de Santa Quitéria recebe Terminal de Autoatendimento do SEBRAE

26/11/2014 - O SEBRAE em parceria com a Câmara de Dirigentes e Lojistas de Santa Quitéria, instalou nesta semana um Terminal de Autoatendimento na sede da CDL, que ficará à disposição dos empreendedores e empresários da cidade das 7h às 18h, de segunda a sábado.
O Totem é um terminal de informações conectado a internet , onde o empreendedor pode conhecer melhor o SEBRAE, consultar informações sobre abertura de empresas e como melhorar o negócio. O Microempreendedor Individual poderá, por exemplo, registrar-se como MEI e imprimir as guia do DAS - Documento de Arrecadação do Simples Nacional.
Segundo Marcelo Magalhães, Presidente da CDL de Santa Quitéria,  este é o primeiro totem que o SEBRAE instala na cidade, “Temos uma parceria de longa data com o SEBRAE. Esse terminal agiliza as informações que o empreendedor precisa sem ter mais que esperar. Repassa também informações em tempo real, inclusive com orientações de como abrir seu negócio".
A Câmara de Dirigentes Lojistas de Santa Quitéria promove todos os anos uma das maiores Feiras do Comércio e Industria do Ceará, a FECOISQ, que este ano será realizada em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - Sebrae, o Banco do Nordeste do Brasil - BNB e o Sistema Sincopeças . A feira tem o objetivo de fomentar negócios e proporcionar geração de emprego e renda, e recebe uma média de 52 mil pessoas nos quatro dias do evento. Na edição passada, foram gerados em torno de R$300 mil em negócios para o município.
A VI Edição da Feira já tem data marcada, será entre os dias, 14 a 17 de Janeiro de 2015, das 18hs ás 23 hs, na Praça da Matriz de Santa Quitéria.

* Com informações do Ceará é Notícia.