Catunda e Santa Quitéria figuram-se entre os maiores produtores de mamona no Ceará

16/01/2016 - Os municípios de Catunda e Santa Quitéria figuram-se entre os maiores produtores de mamona no estado do Ceará, segundo a Ematerce. No ranking, segue-se Boa Viagem, Tauá, Monsenhor Tabosa, Pedra Branca, Catunda, Independência, Mombaça, Quixadá, Itatira, Tamboril, Santa Quitéria, Quixeramobim e Madalena.
O Projeto Mamona do Ceará, da Secretaria de Agricultura e Pecuária (Seagri), já contabiliza no Estado o plantio de 17.560 hectares de mamona em 2005, que vem a ser somada a uma área de 9.278 hectares plantados em 2004. Para este ano, a previsão de colheita na soma das duas áreas é de 26.838 toneladas nos 26.838 hectares.
A produção de mamona deverá gerar este ano 11.540 toneladas de óleo, que depois do processo de transterificação serão transformadas em 11.540 toneladas de biodiesel. O efeito na parte agrícola é de 8.946 empregos gerados. A iniciativa do Ceará até meados de março envolveu a distribuição de 42,8 toneladas de sementes de mamona pelo Estado e 45 toneladas pela Brasil EcoDiesel.
Para processar este óleo, o Programa Biodiesel do Ceará registra a existência de cinco usinas. A capacidade de produção com as cinco unidades instaladas aproxima o Estado da auto-suficiência para atender à exigência de adição de 2% de biodiesel ao diesel consumido no Estado, de 520 mil toneladas por ano.

* Com informações da Ematerce.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe