Cinturão Digital incluirá Santa Quitéria até junho

14/01/2016 - O Governo do Ceará já tem assegurado recursos da ordem de R$ 5 milhões, provenientes do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), que serão investidos na expansão do Cinturão Digital para mais 21 municípios no Estado, entre eles, o município de Hidrolândia. A previsão é de que todos eles estejam interligados pela rede de fibra óptica até junho de 2016.
Os municípios a serem contemplados pela expansão do cinturão são Aquiraz, Araripe, Barreira, Baturité, Boa Viagem, Campos Sales, Eusébio, Hidrolândia, Icó, Ipu, Jaguaribe, Jaguaruana, Paraipaba, Pentecoste, Santa Quitéria, São Benedito, Tabuleiro do Norte, Ubajara, Varjota, Paracuru e Pacoti. A Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (ETICE), que é vinculada ao Governo do Estado, informou que não possui cronograma detalhado com a sequência de implantação.
Segundo o presidente da empresa, Adalberto Pessoa, a rede ainda irá se expandir para mais municípios nos próximos quatro anos. "O restante (dos recursos), que serão para atingir 60 municípios adicionais, nós estaríamos buscando ainda. Estamos fazendo um trabalho prévio, que é de estruturação do projeto, para que a partir de então buscarmos os recursos", afirma executivo.
Ele afirma estar otimista com a aquisição das verbas necessárias à expansão, mesmo com o atual contexto de ajuste fiscal e desaceleração econômica do País. "Nós temos percebido uma boa vontade muito grande dos órgãos do governo federal no atendimento a essas demandas, mesmo com toda essa crise", defende Adalberto Pessoa.
Com a implantação do Cinturão Digital o município de Santa Quitéria passará a ter internet em alta velocidade aos órgãos do governo. Além disso, há fibras do Cinturão Digital que são disponibilizadas para concessões, de modo que as empresas ganhadoras possam se associar a pequenos provedores para, partir daí, prover o serviço de internet a um baixo custo.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe