Pistoleiros matam homem dentro de hospital e ferem mulher em Jaguaribara

31/01/2016 - Subiu para quatro o número de assassinatos nos últimos quatro dias no Vale do Jaguaribe, região do Interior cearense que apresenta uma crescente onda de violência. Nesta sexta-feira (29), o palco de mais um assassinato foi a cidade de Jaguaribara (a 283Km de Fortaleza), onde um homem foi executado, a tiros, dentro do hospital público.
O crime de morte ocorreu por volta de 15h20 desta sexta-feira, quando Marcélio Pinheiro da Silva, 33 anos, estava no hospital municipal em companhia de sua esposa, Antônia Regilene da Silva  Lima, 27. Ela buscava atendimento médico e o esposo a acompanhava. De repente, o local é invadido por dois homens que chegaram ali em uma motocicleta.
Os pistoleiros foram até o local onde Marcélio se encontrava, sacaram suas pistolas e começaram a atirar. O rapaz morreu ali mesmo, atingido por vários tiros disparados à queima-roupa, segundo apurou a Polícia. Um dos balaços se concentrou na cabeça da vítima, o que caracterizou uma execução sumária.

Mulher
A esposa de Marcélio foi também ferida com, pelo menos, dois tiros, sendo um noa coxa esquerda e outro no braço também. Ali mesmo ela recebeu os primeiros socorros e não corre risco de morte.
O crime foi todo filmado pelas câmeras de segurança do hospital e podem auxiliar a Polícia Civil na investigação para identificar e prender os criminosos. As autoridades não sabem, ainda, qual a motivação do crime, e  esperam que Antônia Regilene se recupere das lesões para que possa prestar depoimento.
Não está descartada a hipótese de uma vingança ou de um caso de “acerto de contas” por conta do tráfico, que é intenso naquela cidade jaguaribana.

Ceará News 7
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe