Infestação de moscas e muriçocas incomoda e preocupa moradores de Santa Quitéria

08/02/2016 - As fortes chuvas registradas nos últimos dias no município de Santa Quitéria, apesar de trazerem alegria e esperança para o agricultor do sertão, vem preocupando os moradores da zona urbana que se queixam que após as precipitações houve uma grande proliferação de moscas e muriçocas.
Em contato com a redação do AVSQ, moradores disseram que a situação está insustentável devido à infestação de moscas, mesmo em ambientes limpos e a noite grande é o incômodo com as muriçocas.
Vale lembrar que as moscas podem transmitir doenças porque estão em contato constante com materiais em decomposição, como fezes ou sujeira, transportando bactérias capazes de causar algumas doenças, como: disenteria, diarreia, micose, cólera, febre tifoide, conjuntivite, cólera, entre outras.
Estas doenças podem ser transmitidas pelas moscas domésticas porque as bactérias, normalmente, ficam grudadas no seu pelo, podendo ser liberadas sobre a comida ou dentro de feridas na pele, quando entram em contato direto com os humanos.

Alguns cuidados simples para evitar as moscas domésticas:
* Não deixar acumular o lixo mais de quatro dias dentro de casa;
* Lavar o fundo do recipiente onde é colocado o lixo com água sanitária uma vez por semana;
* Utilizar um prato ou outro utensílio para tapar a comida, evitando deixá-la exposta;
* Evitar comer comida que esteve em contato direto com moscas;
* Colocar redes contra moscas e mosquitos nas janelas;
* Usar uma rede mosquiteiro para dormir, especialmente no caso dos bebês.

No entanto, caso as moscas consigam se desenvolver dentro de casa mesmo seguindo estas dicas existem formas de às eliminar, como usar inseticidas, armadilhas ou vaporizadores, por exemplo.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe