Mesmo com chuvas, sete cidades do Ceará correm o risco de desabastecimento

08/02/2016 - As chuvas que atingem a maior parte dos municípios do Ceará neste início de ano, ajudam a estabilizar o nível dos reservatórios cearenses mas não afastaram o risco e desabastecimento de água de algumas cidades.
De acordo com a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), dos 184 municípios cearenses, sete correm sério risco de ter problemas no abastecimento de água este ano: Pereiro, Ipaumirim, Pedra Branca, Pacoti, Uruoca, Deputado Irapuam Pinheiro e Iracema.
Atualmente, a média geral de volume de água nos 153 reservatórios monitorados pela Companhia e que abastecem o Ceará, se mantém em 13%. Do início de 2016 até agora, houve a entrada ou aporte de 296,8 milhões de m³ nos açudes monitorados, que corresponde à variação positiva de volume de 167 milhões de m³, considerando a evaporação e os consumos de água nesses reservatórios, segundo a Cogerh.

Globo.com
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe