No Ceará, 43 municípios reajustaram salário de professores conforme piso nacional

27/02/2016 - Dos 184 municípios do Ceará, 43 já concederam o reajuste salarial de 11,36% ou mais aos professores, com base na Lei Nacional do Piso do Magistério. Somente Pacatuba, na Região Metropolitana, ofereceu percentual pouco abaixo do piso, 11%. O levantamento foi divulgado nesta sexta-feira, 26, pela Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce).
Os dados foram reunidos com base em informações dos sindicatos da categoria repassados para a Federação. Em algumas cidades, como Fortaleza, Caucaia e Maracanaú, os professores estão em greve, reivindicando o reajuste salarial. 
A presidente da Fetamce, Enedina Soares, classifica como “absurdo” que nas três maiores cidades do Ceará, que têm fontes próprias de recursos, não haja cumprimento da Lei do Magistério.
Em 41 dos 43 municípios com aumento de 11,36%, o índice de reajuste foi aplicado de forma linear, ou seja, contemplando igualmente educadores com ensino médio, graduação, especialização, mestrado e doutorado. As prefeituras de Iracema e Mucambo foram as cidades que ofereceram o percentual somente para o nível médio.
Também há negociações entre professores e prefeituras nas cidades de Aratuba, Canindé, Ocara, Campos Sales e Quixadá.

O POVO Online
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe