Cunha: Delação nos olhos dos outros é pimenta; nos olhos do PT, é refresco

03/03/2016 - O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse nesta quinta-feira, 03, que "delação nos olhos dos outros é pimenta, nos olhos do PT é refresco", fazendo referência à notícia de que o ex-líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT-MS), teria feito acusações contra a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em acordo de delação premiada.
"Acho graça da posição do PT. Eu gostaria muito de assistir ao discurso do PT depois dessa nova delação. Hoje, eles usam como argumento de defesa aquilo que ontem usaram como ataque contra mim. O PT só é coerente para se defender, já para atacar os outros, aquilo que eles usam para se defender não vale. Então é muito engraçado assistir a isso. Eu fico numa posição privilegiada (no plenário)", afirmou o presidente da Câmara.
Cunha disse que identificou "fatos de natureza grave" no depoimento de Delcídio, mas ponderou dizendo que as informações ainda precisam ser confirmadas. Ele afirmou que não fará "juízo de valor" das informações antes de ler a reportagem completa da revista IstoÉ, que trouxe detalhes do acordo de delação premiada em edição antecipada nesta quinta-feira.

O POVO Online
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe