Dupla é presa em Sobral e confessa o atentado contra radialista na cidade de Forquilha

30/03/2016 - Um ex-presidiário, de 26 anos de idade; e um  adolescente, de 17 anos, confessaram ontem, logo após detidos numa operação da Polícia Militar, serem os autores da tentativa de  assassinato contra o radialista Jair Pereira Teixeira, 46 anos, o “Jair Kovalik”, ocorrida no último fim de semana. O crime aconteceu na cidade de Forquilha (212Km de Fortaleza).
Bruno Hilário de Souza, dono de uma extensa ficha criminal; e o adolescente foram  capturados por ordem judicial. Tiveram prisão e apreensão temporárias decretadas. Os dois estavam escondidos na casa da namorada do primeiro, na periferia da cidade de Sobral, na Zona Norte do Estado (224Km da Capital).
Na noite de sábado último, o radialista saía de um bar, na periferia da cidade, quando foi atacado pela dupla e atingido com, pelo menos, três tiros, sendo um nas costas e outros dois nos braços. Mais duas pessoas acabaram atingidas por balas perdidas.
O motivo do atentado foi revelado pelos suspeitos em depoimento na Delegacia Regional de Polícia Civil de Sobral. Contaram que decidiram matar “Kovalik” porque este fazia denúncias contra os mesmo em seu programa de rádio. Breno e o menor vinham praticando uma série de assaltos e comandavam também o tráfico de drogas na periferia de Forquilha, fato comentado pelo radialista no ar.
A Polícia acredita já ter esclarecido o fato e agora faz diligências para localizar a arma usada no atentado, assim como a motocicleta que serviu como meio de fuga para os suspeitos após o atentado. O radialista permanece internado na Santa Casa de Sobral, sob escolta da PM por motivo de segurança. Seu estado de saúde é considerado estável, sem risco de morte.

Fernando Ribeiro
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe