Justiça suspende entrada de torcidas organizadas em estádios cearenses

12/03/2016 - Uma decisão do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) suspendeu a entrada das torcidas organizadas nos estádios de futebol. A pena para o descumprimento da medida é R$ 1 mil. A determinação foi assinada nesta sexta-feira (11) pela juíza Antonia Dilce Rodrigues Feijão, da 36ª vara cível.
“O Autor requereu nesta data o restabelecimento da decisão antecipatória que suspendeu as atividades das associações promovidas, ficando ainda proibido o ingresso nos estádios de futebol aos integrantes, associados e simpatizantes das torcidas organizadas promovidas que estejam portando objetos indicadores das respectivas associações, sob pena de multa de R$ 1.000,00 (mil reais) por cada descumprimento, assim como a proibição para o ingresso de instrumentos musicais nos estádios, conforme decisões de fls. 386/388 e 419/420”, diz a decisão.
O pedido para suspensão foi embasado pela confusão provocada entre as torcidas organizadas do Fortaleza, na última quarta-feira (9), quando o clube enfrentava o Sport na Arena Castelão. A juíza alegou que realizou audiência pública, na qual as partes se comprometeram a organizar e disciplinar suas torcidas, no entanto, entende que “os atos de violência e vandalismo praticados pelas torcidas que entram no estádio uniformizada e caracterizada com vestimentas de seus clubes perduram, resultando em sérios riscos a integridade física de todos quantos comparecem aos estádios”.

Ceará Agora
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe