Ministra Carmem Lúcia diz que impeachment não é golpe e Lava Jato respeita leis

24/03/2016 - A vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, afirmou nesta quarta-feira (23) que não há abuso do Poder Judiciário na Operação Lava Jato e que as leis estão sendo respeitadas.
A ministra disse ainda que o impeachment não é golpe, desde que o processo respeite a Constituição. Questionada se há politização da Lava Jato Cármen Lúcia respondeu: "Não. Estão sendo observadas rigorosamente a Constituição e as leis".
Para Cármen Lúcia, não há sinais do chamado ativismo judicial na Lava Jato, apontado por críticos do juiz Sérgio Moro, da primeira instância da Justiça Federal do Paraná.

* Com informações do Estado de São Paulo.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe