Presidente nacional do PDT agride jovem de apenas 16 anos com silêncio de Ciro Gomes

20/03/2016 - Menos de 24horas depois de ter se envolvido num escândalo em Fortaleza, Ciro Gomes voltou a ser notícia nacional nesta sexta na cidade de Cabo Frio, Rio de Janeiro, ao se enrolar novamente em um novo episódio de agressão a uma jovem de apenas 16 anos. O nome dela foi preservado, mas a mãe apresentou queixa na Polícia.
Dessa vez, o presidenciável do PDT, Ciro Gomes, teve equilíbrio emocional. E não foi o protagonistas das agressões, apesar de ter sido provocado por manifestantes do Sindicato dos Professores. Atitude bem diferente do presidente de seu partido, Carlos Lupi, que agrediu uma líder estudantil como pode ser comprovado no vídeo gravado pelo portal RC24 horas.
O estranho é que apesar de estar a menos de um metro de Lupi, Ciro não gritou com ele ordenando para que se contivesse e evitasse o incidente de repercussão em todo o Brasil.
Para complicar ainda mais a vida de Ciro, sua palestra em Cabo Frio foi centrada em críticas à presidente Dilma, aliada de seu irmão Cid Gomes e de seu partido PDT, e também fazendo eco ao discurso do PT de combate ao juiz Sérgio Moro. Ciro apoiou o Supremo Tribunal Federal por ter barrado a nomeação de Lula para o ministério da Casa Civil.


Veja o vídeo abaixo:


Ceará News 7
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe