Abin confirma ameaça do EI ao Brasil e amplia monitoramento de suspeitos


14/04/2016 - A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) afirmou, nesta quarta-feira (13), que a ameaça postada pelo terrorista francês em novembro de 2015, em um perfil do Twitter, é verídica. O terrorista, Maxime Hauchard, aparece em vídeos do Estado Islâmico decapitando sírios. Na mensagem ele faz a seguinte ameça: "Brasil, vocês são nosso próximo alvo. Podemos atacar esse País de merda”.
"Maxime é uma espécie de garoto-propaganda do Estado Islâmico" afirmou o diretor de Contraterrorismo da agência, Luiz Alberto Sallaberry, na Feira Internacional de Segurança que está sendo realizada no Rio de Janeiro.
Segundo Sallaberry, no Brasil há um crescente nível de pessoas que dizem ter feito o juramento ao califado do Estado Islâmico, ou seja, concordantes com um grupo que deturpou os princípios da religião islâmica e utiliza a violência para expandir seu domínio territorial.
Os ataques dos chamados ‘lobos solitários’, pessoas que praticam ataques sozinhas, são a maior preocupação da agência para a Olimpíada no Rio de Janeiro. Dez delegações, entre elas dos Estados Unidos e Canadá, são classificadas pela agência com nível “muito alto” para ataques. O nível de ameaça da delegação brasileira é alto.

Redação Web
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe