Bancada cearense fica dividida em votação sobre impeachment

17/04/2016 - Durante sessão na Câmara dos Deputados, a bancada cearense revelou estar dividida ao votar pela continuidade do mandato da presidente Dilma Rousseff (PT). Dos 22 deputados cearenses no exercício do mandato, 11 votaram não ao impeachment, 9 a favor, uma parlamentar se absteve e um não compareceu à sessão plenária.
Embora o deputado Adail Carneiro (PP) já tivesse anunciado que votaria contra o impedimento da presidente, decidiu votou a favor do impeachment. Durante o voto, ele pediu desculpas ao ex-presidente Lula, à presidente Dilma e ao ex-ministro Cid Gomes. Conforme o parlamentar, ele não poderia deixar de atender aos pedidos da população. O deputado Cabo Sabino também votou pelo afastamento de Dilma. "Tchau querida, não precisa voltar. Eu voto sim", ironizou.
Os parlamentares Danilo Forte, Genecias Noronha, Moses Rodrigues, Moroni Torgan, Raimundo Gomes de Matos, Ronaldo Martins e Vitor Valim também manifestaram posição contra a continuidade do mandato de Dilma.
Já o deputado Ariosto Holanda votou pela continuidade do mandato da presidente, conforme já havia anunciado. O deputado Arnon Bezerra seguiu o mesmo caminho. "Respeitando a decisão do povo brasileiro, meu voto é não", declarou, na oportunidade. Também votaram "não" os deputados Chico Lopes, Domingos Neto, José Airton, Guimarães, Luizianne Lins, Leônidas Cristino, Odorico Monteiro (PROS) e Vicente Arruda.
Para o deputado Domingos Neto, a solução para a crise brasileira só vai existir com a manutenção da democracia. "Sou contra eleições indiretas, a favor da democracia e voto não ao impedimento", justificou.
A deputada Gorete Pereira resolveu se abster da votação e antes se declarava "não". "Pela Constituição Brasileira, contra a corrupção, queremos uma eleição nova. Tenho que me abster porque não posso acreditar nem em uma chapa nem na outra", explicou.
O deputado cearense Aníbal Gomes não compareceu à sessão para votação. O parlamentar não esteve presente porque precisou passar por uma cirurgia e estava na UTI.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe