Bancada federal cearense garante 13 votos contra impeachment de Dilma Rousseff

15/04/2016 - O governador Camilo Santana (PT) e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Zezinho Albuquerque (PDT) levaram nesta tarde, uma comitiva de 12 deputados federais, integrantes da bancada cearense, para prestar solidariedade à presidente Dilma Rousseff, como também, apresentar os parlamentares que lhe darão sustentação no processo de impeachment.
Participaram do encontro, Ariosto Holanda, Leônidas Cristino e Vicente Arruda (PDT); Domingos Neto (PSD); Odorico Monteiro (PROS); Arnon Bezerra (PTB); Gorete Pereira, Adail Carneiro e Macedo (PP); Chico Lopes (PC do B) e José Airton Cirilo e José Guimarães (PT). Luizianne Lins (PT) não participou, mas votará contra o processo.
Em defesa da petista, também está Aníbal Gomes (PMDB), que está operado e não deverá votar. Apesar de operado, Aníbal não está licenciado da função, deixando de fora da Casa, o suplente Mauro Benevides, que vota pelo impeachment.

Placar na Câmara
O apoio de 13 deputados federais representa a liderança dos Ferreira Gomes no Estado.
A favor, votarão 08 parlamentares: Raimundo Matos (PSDB); Moses Rodrigues e Vitor Valim (PMDB); Moroni Torgan (DEM); Danilo Forte (PSB); Ronaldo Martins (PRB); Cabo Sabino (PR) e Genecias Noronha (SD).
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe