'Nós não vamos abrir um milímetro no combate ao crime organizado', diz Camilo sobre explosivos

06/04/2016 - O governador Camilo Santana classificou como “muito grave” o caso dos explosivos encontrado em um veículo estacionado ao lado da Assembleia Legislativa. O chefe do executivo estadual afirmou, nesta quarta-feira (6), que o governo não deixará de combater o crime organizado e que uma rigorosa investigação está sendo feita.
“Isso é muito grave, mas sempre dizendo e dando o recado claro que, se isso é uma tentativa de intimidar o governo e a secretaria de Segurança nessa área, eles estão enganados. Nós não vamos abrir um milímetro sequer no combate ao crime organizado”.
Camilo disse que as imagens das câmeras de segurança já foram capturadas e está sendo feita uma rigorosa investigação para saber a origem do caso e também das ameaças na internet. O governador complementou que a Polícia Federal e o Ministério Público Federal estão trabalho em conjunto com a Polícia estadual.
Sobre a ameaça a lei que determina a instalação de bloqueios de celulares em presídios, Camilo revela que já sancionou a medida e esta é mais um forma de combater o crime. “Eu já sancionei e nós vamos obrigar as empresas para que elas coloquem os bloqueios, porque isso é uma forma de combater a criminalidade e reduzir a violência”, diz.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe