Novas eleições e velhas caras, temos que mudar nossa realidade

02/04/2016 - Mais um ano de eleição municipal chegando e os mesmos “figurões” políticos aparecendo para disputar a cadeira do executivo da cidade de Santa Quitéria. Desde a década de 1990, o poder se alterna entre duas famílias bastante tradicionais no município, e progresso se tornou uma palavra que não consta mais no vocabulário dos quiterienses.
Os cidadãos de Santa Quitéria sentem na pele a decisão de colocar sempre uma dessas famílias para administrar o município. Educação, saúde, esporte, cultura são alguns serviços que poderiam ser melhor ofertados para nossa população, mas sabemos que na prática isso não ocorre.
Entretanto, eis que surge um nome para mudar a política de nossa terra, e uma ponta de esperança ressurge entre nós por dias melhores. O pré-candidato, Marcelo Magalhães, filiado ao PTB, empresário e mobilizador social, vem com uma nova abordagem que tem o desejo de mudança no modo tradicional de fazer política, com ética e transparência, pois a falta desses dois valores, compromete a qualidade de vida e os destinos de uma sociedade, às vezes, até a sua própria sobrevivência.
As pessoas não devem ficar amedrontadas e continuar votando sempre nos mesmos políticos, com medo de que qualquer mudança implique piora nas condições de vida, se é que isso é possível. Mas só haverá mudanças quando o povo desejar lutar por ela.

Antônio Carlos Camelo é quiteriense e estudante de jornalismo.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe