Obrigado, Dilma!

13/04/2016 - Estamos chegando ao ápice de um dos momentos mais conturbados da nossa recente história política. Toda essa turbulência tem me feito refletir sobre uma série de coisas: política, economia, futuro, vida, dentre outras. 
Tantas reflexões me fizeram tirar do papel algo que eu já deveria ter criado faz tempo: meu canal do YouTube. Justiça seja feita, criado ele já estava, até vídeo já tinha, porém, a última vez que eu o atualizei fora há mais de um ano. A vontade de compartilhar meu ponto de vista sobre o momento que estamos vivendo falou mais forte que o desejo de procrastinar. Resultado? Um vídeo intitulado: “Obrigado, Dilma!”, do qual eu compartilho algumas ideias nas próximas linhas.
Muito tem se criticado a nossa presidenta, seu partido e aliados. Quem ler um jornal, sintoniza numa rádio ou liga num canal de televisão, provavelmente verá esse tema ser abordado em um caloroso debate entre comentaristas políticos. 
Qual o motivo então de eu agradecer a Dilma? Simples: ela e sua quadrilha avacalharam a tal ponto com a nossa nação que ela nos obrigou a dar um basta. Desde a época de Collor que o povo brasileiro não se mobilizava para nada que fosse do interesse nacional. Os desmandos do Partido dos Trabalhadores nos obrigou a isso.
Dilma deu um tapa na cara dos brasileiros! De todos nós, sem exceção. Temos que agradecê-la por isso, pois apesar de ninguém gostar de apanhar, às vezes temos que levar uma surra para ver se aprendemos a lição e nunca mais voltamos a cometer o mesmo erro!
Que lição é essa? A lição de que a classe política está – e não é de hoje – atolada na lama até o pescoço. Do PT ao PSDB, do vereador do interior à presidenta... quase todos estão lá para se beneficiar em detrimento do Brasil! Mas a pior lição talvez seja que os políticos representam o que somos de modo geral enquanto cidadãos. Se nossos políticos são assim tão sujos é porque vivemos em um país de gente suja. 
De quem estaciona o carro em local proibido a quem fura fila; de quem compra atestado falso a quem compra DVD pirata...tudo é sujeira, igualzinho a dos nossos políticos. Mas isso, parece que ninguém ver.
Eu, por exemplo, adorava um DVD pirata. Sempre que via algum vendedor ambulante vendendo ia lá e comprava. Afinal, um dvdzinho não faz mal a ninguém, certo? Errado! Faz mal sim e a muita gente. Faz mal aos artistas, aos produtores, aos cinemas, as locadoras e a toda uma cadeia que depende da renda dos ingressos e aluguéis de filmes e shows para sobreviver e pagar suas contas.
Ah, mas eles ganham uma fortuna, um pouquinho só não vai fazer falta, vai? Vai sim! Foi pensando exatamente que esse um pouquinho não faria falta que centenas de homens públicos meteram a mão no nosso dinheiro. Afinal, o que são R$10 milhões para um país do tamanho do nosso, não é mesmo?
Obrigado, Dilma por ter me ajudado a me tornar um cidadão melhor. Se tem uma coisa que aprendi com você é que antes de cobrarmos a ética alheia, precisamos ser éticos.


Fale com o autor: contato@samuelmagalhaes.com.br.

Samuel Magalhães é Coach especializado em Finanças e Negócios, fundador do Portal www.invistafacil.com e colunista do portal A Voz de Santa Quitéria.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe