Porta de ambulância emperra e prende gestante em trabalho de parto

06/04/2016 - Uma gestante ficou presa no interior de uma ambulância estacionada na Maternidade-Escola Assis Chateaubriand, em Fortaleza, após a porta do veículo emperrar, na tarde desta segunda-feira (4). Um vídeo feito por funcionários da unidade mostra o momento em que homens tentam arrombar a porta da ambulância com barras de ferro para que a grávida realize o procedimento de parto no interior da maternidade.
A gestante, Regiane, é de Baturité, a 100 quilômetros de Fortaleza, e foi levada de ambulância à capital cearense para realizar o parto. Enquanto esteve presa no veículo, ela gritava assustada, como mostram as imagens.
Ela conta que teve medo de perder o filho. “Faz medo devido eu botar tanta força e nada, ele podia não ter nascido vivo e estava preocupada”, conta. O pai, Rogério, agradece ao grupo que fez o arrombamento da porta, permitindo o parto no interior da unidade. “Se ele tiver me ouvindo, queria agradecer muito a ele porque foi um guerreiro”.
Após cerca de meia hora, os servidores conseguiram arrombar a porta do veículo, e a mãe fez o parto no hospital. O bebê, um menino, nasceu de parto normal e prematuro, com 34 semanas. A criança Róger segue na unidade, sob observação.
A irmã da gestante, Regina, que acompanhou o caso, afirma que a ambulância estava deteriorada, o que pode ter causado o incidente. “A ambulância estava toda enferrujada por dentro, só tem um colchão em cima da maca. Na hora de abrir a porta, pronto, ela estava quebrada”.
A reportagem tentou entrar em contato com a Prefeitura de Baturité, mas ligações não foram atendidas.

G1
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe