Depois de disputa com PSDB, petista José Guimarães assume liderança da Minoria

Ex-líder do governo, o deputado José Guimarães (PT-CE) foi oficializado nesta quarta-feira (18) como líder da Minoria na Câmara dos Deputados. O cargo estava em disputa entre PT e PSDB depois que o vice Michel Temer assumiu interinamente a Presidência da República.
A Minoria é o maior partido que, em relação ao governo, expresse posição diferente da maioria. Era ocupada até então pelo PSDB, maior legenda de oposição a Dilma Rousseff.
A mudança foi feita depois de muito debate e da cobrança de Guimarães. Ao conceder a Minoria para o PT, seria mantido o equilíbrio de forças previsto no Regimento, já que o PSDB agora é parte da base governista. Além disso, com a nomeação do novo líder do governo Temer, governo e Minoria eram favoráveis ao Planalto. “Não pode governo e Minoria ter o mesmo lado, pela decência na condução política”, disse Guimarães.
A definição sobre o cargo já tinha gerado embate na sessão de terça-feira (17), depois da fala do então líder da Minoria, deputado Miguel Haddad (PSDB-SP). Para o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), os tucanos deveriam continuar à frente da Minoria durante a interinidade do governo Temer. “É evidente que não se vai desfazer da Liderança da Minoria por um afastamento provisório”, disse.
A deputada Moema Gramacho (PT-BA) protestou contra esse entendimento do PSDB.

Agência Câmara
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe