Marcos Holanda é mantido na Presidência do BNB

O economista Marcos Holanda foi mantido no cargo de presidente do Banco do Nordeste (BNB). A decisão da Fazenda saiu junto com a nomeação dos novos presidentes da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil. Para a Caixa irá Gilberto Occhi e para o BB Paulo Caffarelli. Marcos completou um ano à frente do BNB no último dia 15.
Ele disse ao O POVO que vê como ponto positivo nas nomeações 'o fortalecimento da governança'. Para ele, os critérios técnicos prevaleceram. Marcos conversou ontem com o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Tarcísio Godoy. Ficou acertada uma reunião em Brasília com o ministro Henrique Meirelles na próxima semana, em data não definida.
“Importante é que o ministro quer trabalhar uma lógica integrada dos bancos.
Ver o papel de cada um de forma mais forte”. Para Marcos, o papel do BNB não pode deixar de ser o de banco de desenvolvimento. Ele diz não temer a reversão deste posicionamento. Marcos admite que poderá haver mudanças na Diretoria.
Marcos Holanda é professor do Departamento de Economia Aplicada da Universidade Federal do Ceará (UFC). Ele é economista formado pela Universidade de Fortaleza (1984), engenheiro civil pela UFC (1983), mestre em Economia pela Fundação Getúlio Vargas - RJ (1987); e doutor pela Universidade de Illinois (EUA).

O POVO Online
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe