Minerais: Uma possível causa

O caso das luzes não identificadas no distrito de Trapiá em que várias pessoas testemunharam alguns fenômenos exóticos ocorridos nas imediações do referido distrito pode ter uma explicação.
Os fenômenos luminosos fizeram vários tripulantes de motocicletas ficarem mais atentos, pois muitos relatos dos mesmos mostraram que as aparições foram e ainda são perigosas.
Nossa função como pesquisadores em Ufologia é esclarecer os fatos, isto é, fornecer um parecer favorável à população. Pesando assim, é que iniciamos nossa pesquisa de campo.

Não temos uma data precisa do início das aparições, porém, foi em meados do mês de abril de 2016 que as ocorrências se intensificaram. Fizemos a pesquisa de praxe, ou seja, coletar o máximo de informações para serem avaliadas e selecionadas. Após essa etapa, coletamos amostras de solos, rochas e minerais das regiões onde foram vistos os OVNIS – foi aqui que nos deparamos com o óxido de ferro e magnetita, esse dois, acreditamos ser a possível causa da fenomenologia.
A Hematita ou hematite é um mineral de fórmula química óxido de ferro III, (Fe2O3), sendo constituído por 70% de Ferro e 30% de Oxigênio. É um mineral muito comum, sendo o principal constituinte do minério de ferro, possui brilho metálico e coloração preta, cinza, marrom, marrom avermelhado ou vermelho. As variedades são: "bloodstone", rosa de ferro, minério do Kidney, martita (pseudomorfose por oxidação da Magnetita), pintura (hematita com brilho especular), hematita irisada e titano-hematita.

Segundo estudos geológicos a presença da magnetita associado ao minério de ferro resulta no magnetismo existente nas pedras. Isso faz com que os metais sejam atraídos ou repelidos quando aproximados do minério. Fizemos uma analogia com o caso Colômbia em 2000 onde as semelhanças são visíveis. Enquanto na fazenda Colômbia há uma riqueza de quartzo, no Trapiá há riqueza de óxido de ferro e magnetita. 
Em 20 anos de pesquisa, a experiência nos mostrou que a maioria dos casos estudados sempre houve a presença de algum minério (radioativo ou não), por essa razão é que temos fortes razões para associar as ocorrências ufológicas aos minerais. O “porquê” nosso vizinhos extraterrenos querem nossas riquezas minerais ainda não sabemos.

Professor Humberto Sales
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe