Número de inscrições no Enem 2016 tem alta e passa de 9,2 milhões

O MEC (Ministério da Educação) divulgou nesta segunda-feira (23) o registro de 9.276.328 inscrições para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2016. As provas ocorrem nos dias 5 e 6 de novembro.
Como os inscritos precisam ainda pagar a taxa de inscrição, o número final de participantes ainda deve variar. O pagamento da taxa de R$ 68 pode ser feito até quarta-feira (25).
Entre os inscritos, 53% são isentos da taxa. São alunos concluintes de escola pública ou que declararam carência.
A alta na procura pelo Enem ocorre um ano depois de o exame ter tido a primeira queda de inscrições desde que foi transformado em vestibular, em 2009. O número de inscritos em 2016 representa alta de 9,4% na comparação com o ano passado, quando, 8,4 milhões se inscreveram. Todos os anos muitos inscritos deixam de pagar a taxa. Em 2015, o número de inscritos confirmados foi de 7,7 milhões.
As informações foram anunciadas nesta segunda em entrevista coletiva pelo ministro Mendonça Filho (DEM). A secretária-executiva da pasta, Maria Helena Guimarães de Castro, e a nova presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), Maria Inês Fini, participaram do anúncio.
Mendonça Filho afirmou que a operação do Enem não será afetada pela situação de falta de recursos do governo. "Queremos um Enem com segurança e transparência, compromisso público", disse o ministro, que aproveitou a agenda para elogiar a equipe do Inep, que organização o Enem.
O Enem é adotado como vestibular para praticamente todas as universidades federais do país. No sábado, dia 5 de novembro, os estudantes fazem a prova de Ciências da Natureza e Ciências Humanas. No domingo (6), é a vez de Matemática, Linguagens e Redação.

Folhapress
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe