Após fim da quadra chuvosa, volumes dos açudes se mantêm em 12,85%

No último dia 31 foi encerrado oficialmente o período considerado como chuvoso do Estado do Ceará. Com o fim da quadra chuvosa, que acontece todos os anos de fevereiro a maio, a situação dos 153 açudes tende a piorar, já que nos próximos meses, a provável consequência devido à entrada no período seco é a diminuição das precipitações.
Conforme a última resenha do monitoramento divulgado pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) divulgada na sexta-feira (3), o volume atual dos açudes é de 12,85%. Isto significa que dos 18,64 bilhões de m³ que podem ser comportados nos açudes, há 2,39 m³ ocupados. 
Do número total de açudes, a Companhia afirmou por meio do documento que 119 açudes estão com volume abaixo de 30%. Outros cinco açudes estão com volume acima de 90%, são eles: Caldeirões, Gameleira, Maranguapinho, Quandú e Tijuquinha.
Anteriormente, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) já havia observado que, desde 2012, as chuvas ficaram abaixo da média histórica e houve seguidas perdas no volume dos açudes. A Fundação ressalta ainda que o atual ciclo de estiagem, que começou em 2012, é o mais longo desde 1973.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe