Bondinho de Ubajara vai ganhar modernização pela primeira vez em 41 anos

Depois de mais de um ano parado, o Bondinho de Ubajara, como é conhecido o teleférico instalado no município, a 329,3 km de Fortaleza, vai ganhar reforma completa. A Secretaria do Turismo do Ceará (Setur) apresentou ao Conselho Gestor do Parque Nacional de Ubajara, nesta terça-feira, 22, o projeto que mostra como ficará o equipamento após a obra.
O teleférico vai receber modernização pela primeira vez, após 41 anos, completados no último dia 14 de março. A reforma terá investimento de R$ 10 milhões. Segundo a coordenadora da Unidade de Gestão de Projetos (UGP), Juliana Brauner, responsável pela obra, era necessário paralisar o equipamento para a segurança dos visitantes e a continuidade do bondinho. “Sabemos do transtorno, mas ele será momentâneo. A contrapartida é que a população irá receber um equipamento moderno, com condições de funcionar por mais 40 anos”, diz.
De acordo com a Setur, a reunião desta terça, na sede da pasta, era a última etapa para antes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que administra o parque, autorizar a obra.
Além da recuperação da estrutura metálica da estação superior, o Bondinho vai receber obras de renovação das cabines, modernização das estruturas e equipamentos eletrônicos e mecânicos, recuperação da coberta da estação inferior, construção de banheiros nas estações superior e inferior e reforma da estrutura de apoio existente na estação superior. Outro ponto da reforma é a urbanização da estação superior com rampas de acesso e escadaria.
“Como o bondinho está em uma área de proteção ambiental, o processo é mais lento, pois precisa seguir uma série de trâmites”, informa Juliana Brauner. A Setur já havia apresentado um projeto de modernização no último dia 25.

Parado há 13 meses
O Bondinho completa 13 meses parado no próximo sábado, 25. Conforme a Setur, relatórios apontaram que a espessura dos cabos que faziam a condução da cabine do bondinho estava abaixo do nível mínimo de segurança.
Em razão do desgaste do equipamento, outras medidas já haviam sido tomadas antes mesmo do fechamento. O Bondinho precisava de reparos constantes e por isso era fechado com frequência. Nesse período, a máquina já tinha passado a funcionar apenas em feriados e fins de semana.
A Setur comunica que não verificou queda expressiva de turistas na região. Só no ano passado, mais de 109 mil pessoas passaram pelo Parque Nacional de Ubajara. Em 2014, o equipamento recebeu mais de 108 mil visitantes.
A previsão é de que a obra termine seis meses após concluída a licitação.

Veja como o bondinho deve ficar após a reforma:

O POVO Online
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe