Borda de pizza queimada motiva morte de garçom

Um garçom, identificado como Marcos Paulo da Fonseca, de 29 anos, foi morto a tiros em Jundiaí, São Paulo, por motivação banal: uma borda de pizza queimada. As informações são do Jornal de Jundiaí.
Salatiel Cordeiro, 36 anos, suspeito de cometer o crime, teve a prisão temporária decretada pela Justiça por homicídio doloso. 
De acordo com as investigações, Salatiel chegou ao local acompanhado de um amigo e, mesmo após comer toda a pizza, se recusou a pagá-la, alegando que a borda estava queimada. 
A partir da recusa, iniciou-se uma discussão entre os referidos clientes e o garçom. Em decorrência da confusão, os amigos foram convidados a se retirarem do local, fato que irritou Salatiel, que prometeu vingança.
No fim do expediente, Salatiel teria efetuado disparos contra o garçom da garupa de uma moto. Marcos foi atingido no tórax e não resistiu aos ferimentos. 
Testemunhas anotaram a placa do veículo, levando a Polícia a localizar os suspeitos. A polícia também confirmou a motivação do crime.

O POVO Online
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe