Camilo não garante reajuste dos servidores

O governador do Estado, Camilo Santana (PT), declarou que as discussões sobre o reajuste dos servidores públicos estão em andamento, mas que não há garantia de que ele sairá do papel. Segundo ele, não será fácil garantir essa reposição diante do cenário de queda do Fundo de Participação dos Estados (FPE). Caso isso ocorra, os servidores ficariam sem reajuste pela primeira vez em 10 anos.
Camilo considera, porém, que não se trata de um reajuste salarial, e sim de uma reposição sobre a inflação. A declaração foi dada na última quinta-feira, 2, durante o evento Medalha Mérito Industrial, no La Maison Buffet.
Ele informa que já existem reuniões marcadas com o secretário da Fazenda, Mauro Benevides Filho, para discutir a questão neste fim de semana. Será analisado, por exemplo, se, com a reposição da inflação, haverá descumprimento ou não da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).
“Todos os estados estão atrasando folha, parcelando pagamentos, e essa é a última coisa que eu quero que aconteça ao Estado do Ceará. Vamos inclusive manter nosso pagamento rigorosamente em dia”, afirmou. O governador disse, ainda, que pretende anunciar logo a data do primeiro pagamento do 13º salário dos servidores, que está prevista para ser feita na segunda-feira.

O POVO Online
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe