Equipe de Temer corta comida de Dilma e auxiliares no Palácio do Alvorada

O auxílio dado a Dilma Rousseff e auxiliares conhecido como "cartão de suprimento" foi cortado pela equipe do presidente interino Michel Temer na última quarta-feira (1º), segundo informações da coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo. O presidente em exercício também já havia também imposto restrições às viagens da presidente afastada.
O benefício é destinado à alimentação de Dilma e também à manutenção do Palácio do Alvorada. A Secretaria de Governo informou à Folha que essa foi uma interrupção provisória e será mantida até que seja emitido um parecer jurídico sobre os direitos da presidente.
No Alvorada estão cerca de 30 pessoas, incluindo servidores e funcionários responsáveis pela manutenção do local, além de Dilma Rousseff.

Redação Web
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe