Falso jurista Thomás Turbando paga conta de Cardozo em restaurante

O advogado de Dilma, José Eduardo Cardozo, foi alvo de uma brincadeira enquanto almoçava com o ex-advogado-geral da União Luís Inácio Adams em um restaurante de Brasília, nesta segunda (28).
O advogado Eduardo Moreth Lopez, que estava na mesa ao lado, pagou a conta da mesa do ex-ministro da Justiça e escreveu um bilhete na nota. "Cardozo, uma cortesia do ilustra jurista Thomás Turbando".
A mensagem se refere à gafe que Cardozo cometeu, durante a sessão do dia 16 na Comissão Especial do Impeachment no Senado, ao listar uma série de juristas que assinaram pareceres contrários ao afastamento de Dilma.
Ao mencionar o jurista Thomas da Rosa Bustamante, professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Cardozo falou "Thomás Turbando Bustamante". Os dois primeiros nomes geram um cacófato de conotação sexual.
Aparentemente o ato não causou desconforto nos envolvidos. "Gostei da brincadeira. Se quiserem fazer isso sempre não vou me opor", brincou José Eduardo.
O autor da piada chegou a postar no Facebook uma foto da conta do restaurante e da mesa do ex-ministro com a legenda: "Como uma gentileza democrática resolvi pedir para o maître a conta deles, pagar e assinar". Logo depois ele apagou o texto e a foto de sua rede social.

Painel da Folha
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe