Gangues comemoram união em passeata pelas ruas e desafiam autoridades policiais em Sobral

À exemplo do que aconteceu em vários bairros de Fortaleza, onde quadrilhas de criminosos se uniram em torno de um comando unificado ligado à facções como Comando Vermelho (CV), Primeiro Comando da Capital (PCC) e Guardiões do Estado (GDE), o Interior do estado também começa a registrar pactos entre gangues rivais e que prometem atacar a Segurança Pública.
Foi o que aconteceu na tarde de ontem na cidade de Sobral, na Região Norte do estado (a 224Km de Fortaleza), onde marginais que seriam integrantes de gangues de três bairros decidiram se reunir e comemorar uma união entre os grupos ligados a tráfico de drogas, assaltos e envolvidos em dezenas de assassinatos por “acertos de contas”.

A provocação às forças de Segurança aconteceu reuniu gangues dos bairros Vila União, Terrenos Novos e Residencial Nova Caiçara, locais apontados como de maior incidência de crimes de morte naquela cidade e onde é intenso o tráfico de drogas como crack e maconha.
Os marginais saíram numa espécie de passeata pelas ruas do Conjunto Nova Caiçara, fritando palavras de ordem, fazendo provocações à Polícia e, desse modo, assustando os moradores e comerciantes. Ainda assim, não foram incomodados pela Polícia. Imagens gravadas pelos próprios bandidos foram parar nas redes sociais e nelas é possível comprovar a presença de policiais militares observando a caminhada reunindo as gangues.
O assunto logo virou notícia na Imprensa sobralense. A secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), em Fortaleza, não se pronunciou sobre o assunto.

Fernando Ribeiro
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe