Governo do Estado espera 40 mil inscritos para concurso da PM-CE

O Governo do Estado estima que serão 40 mil inscritos para o concurso da Polícia Militar, no Ceará. A informação foi divulgada no Diário Oficial desta sexta-feira (24). O edital do concurso, que ofertará 4,2 mil vagas para a PM-CE, ainda não tem data para ser publicado. 
O Diário Oficial também divulgou a empresa organizadora do concurso, que será o Instituto AOCP. No entanto, o Governo do Estado dispensou a licitação de contratação de serviço, de acordo com art.24, inciso XIII, da Lei Federal nº 8.666/93. 
"Justifica-se a elaboração da presente Dispensa de Licitação para possibilitar a administração a contratar entidade especializada na seleção de pessoal via concurso público visando acrescer o quadro de servidores da Polícia Militar do Estado do Ceará", afirma o Diário Oficial.   
O valor a ser pago para o Instituto AOCP para execução do concurso é de mais de R$ 1,4 milhões, o equivalente a essa estimativa do Governo de que serão 40 mil inscritos. No entanto, acima desse número de inscrições, deverá ser pago mais R$ 21,90 a cada candidato. 
O governador Camilo Santana (PT) afirmou, na manhã desta sábado (25), em evento do programa "Ceará Pacífico" no Centro de Eventos, que não vai deixar de combater o crime organizado no Estado. Entre as iniciativas para a área da segurança pública, o gestor citou a contratação dos policiais. "Estou finalizando a contratação de uma empresa que vai lançar um novo concurso para 4.200 novas vagas para Polícia Militar no Estado do Ceará. Estou cobrando uma aeronave nova, mais equipamento e convocando mais homens, a experiência dos territórios, a interiorização do Raio, das bases dos Ciopaer e Batalhões de Divisa. Isto é um esforço conjunto", disse. 

Salário inicial é de R$ 3,2 mil
O concurso público cuja remuneração inicial é de R$ 3,2 mil ofertará vagas para soldados, sendo 3.990 destinadas aos candidatos de sexo masculino e 210 ao sexo feminino. Os novos postos representam um acréscimo de 26,08% do efetivo da Polícia Militar atualmente. 

* Com informações da repórter Carol Kossling.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe