O ministro do TCU e a ‘fonte da juventude’

O vice-presidente do TCU, Raimundo Carreiro, que na terça-feira (21) estará em Fortaleza, será o próximo presidente do órgão já no próximo ano. Por lei, Carreiro deveria se aposentar este ano por causa de seus 70 anos de idade, que seriam completados em setembro próximo.
Seriam. É que o vice-presidente conseguiu alterar na Justiça a sua idade para 67 anos, portanto, dois anos mais jovem.
No processo da “fonte da juventude”, julgado pela Comarca de São Raimundo das Mangabeiras, no Maranhão, Carreiro apresentou como prova a certidão de batismo da Igreja de São Domingos do Azeitão, que fica próxima ao município de Benedito Leite, onde o ministro do TCU nasceu.
A Justiça sequer atentou que, em muitos casos, famílias deixavam para batizar seus filhos já “grandinhos”, diante da dificuldade de locomoção e dos riscos que as viagens poderiam causar a bebês. Principalmente há 69 anos… digo, 67 anos.

Blog do Eliomar
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe