Onça que participou do revezamento da Tocha Olímpica é morta com tiro após solenidade

A onça ‘Juma’ que participou do revezamento da Tocha Olímpica na manhã desta segunda-feira (20), foi morta após escapar do interior do zoológico do Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS). Por meio de nota oficial enviada a imprensa o Comando Militar da Amazônia (CMA) confirmou o fato que ocorreu no final da manhã, após a solenidade.
De acordo com a nota, o animal escapou do interior do zoológico do CIGS e foi resgatado por uma equipe de veterinários especializados que dispararam na onça tranquilizantes.
Porém, segundo o CMA, mesmo sob o efeito do remédio a onça avançou em um militar que estava no local e como procedimento de segurança foi disparado nela um tiro de pistola que a matou. O CIGS já determinou abertura de processo administrativo para apurar os fatos.

AM Post
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe