Possível fusão entre Banco do Brasil e Caixa ganha força e preocupa funcionários, diz jornal

A informação de que o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal podem se tornar uma só instituição está gerando apreensão entre os funcionários. Segundo o jornal Correio Braziliense, o assunto tem ganhado força nos gabinetes de Brasília nos últimos dias.
A ideia que circula entre técnicos da equipe econômica do governo Temer prevê a transferência de todas as operações da Caixa para o BB, com exceção da área imobiliária. A intenção é transformar a Caixa em uma agência imobiliária, responsável exclusivamente pelo financiamento da casa própria.
Os empregados das duas instituições estão em alerta. Temem que, com a fusão dos negócios comerciais e com a Caixa restrita ao mercado imobiliário, vagas sejam fechadas e benefícios, cortados. Muitos reconhecem que a saúde da Caixa, por causa do excessivo uso político nos últimos anos, não é boa e exigirá socorro do Tesouro Nacional. Mas acreditam que tudo poderá ser revolvido com uma boa gestão.
Durante o governo Fernando Henrique, essa mesma proposta chegou a ser debatida. Diante das pressões políticas e sindicais, ela acabou sendo engavetada.

Redação Web
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe