Servidores da Saúde de Cariré podem entrar em estado de greve

Servidores da Saúde do município de Cariré paralisaram suas atividades no dia 14 de junho, como forma de protesto, e participaram de manifestação junto do Sindicato dos Servidores Públicos de Cariré (Sindsemc), em vários órgãos da cidade, pela valorização de seus trabalhos.
A paralisação contou com a adesão de dentistas, enfermeiros, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, técnico de saúde bucal, educadores físicos do Programa da Saúde da Família (PSF) e motoristas de ambulância, que reivindicam melhores condições de trabalho; alimentação; insalubridade; reajuste salarial; adicional noturno; feriado trabalhado, dentre outras questões. “Não temos direitos trabalhistas e nem condições de trabalho”, é a palavra de ordem da categoria.
O Sindsemc aguarda retorno da prefeitura em até 10 dias para negociação, se não houver, a categoria entrará em estado de greve. A prefeitura, por sua vez, está coagindo os profissionais que participaram do ato na última quarta-feira, e fala em exoneração de cargos.
“Lutamos pela valorização dos nossos servidores, que desempenham um belo trabalho diariamente. Esses guerreiros merecem todo o respeito da população carirense e merecem ser valorizados como tal. Chega de descaso, perseguição. É hora da gestão municipal negociar com o sindicato legítimo representante da categoria.” argumenta Clerivan Vital, presidente do Sindsemc.

FETAMCE
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe