Trabalhadores rurais de Santa Quitéria protestam contra reforma da Previdência Social

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santa Quitéria realizou na manhã desta quinta (16), uma manifestação contra a reforma da Previdência Social em frente a sua sede, na Avenida Prefeita Maria Arlinda, no bairro Piracicaba.
A manifestação começou por volta das 6h30, fechando a entrada da cidade pela CE-176 e contou com a presença dos agricultores dos distritos e assentamentos quiterienses, como também, de outros STTRs, a exemplo de Catunda e Hidrolândia.
Além da posição contrária à reforma previdenciária, os manifestantes protestavam contra o governo interino de Michel Temer e o fim do Ministério do Desenvolvimento Agrário. O protesto foi finalizado em frente a agência do INSS, no mesmo bairro, onde ocuparam o local e impossibilitou os trabalhos na agência.


Entenda o projeto
A nova equipe econômica trabalha em uma reforma da Previdência que, se aprovada, vai alterar substancialmente a maneira como funciona hoje. Mais de uma dezena de pontos estão em análise.
Se as propostas vingarem, vão mudar a forma de concessão e o prazo para aposentadorias e pensões, tanto urbanas quanto rurais, na iniciativa privada e no setor público. E não apenas dos futuros trabalhadores, mas também para quem já está no mercado.
A proposta do Governo deverá ser encaminhada ao Congresso até o final de julho. De acordo com o ministro da Casa Civil Eliseu Padilha, a proposta seguirá o modelo usado em outros países.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe