Três cearenses estavam entre as 18 vítimas de acidente de ônibus em São Paulo

Entre as vítimas do acidente que matou ao menos 18 pessoas na Rodovia Mogi-Bertioga na noite dessa quarta-feira (8), estão duas canindeenses, Maria Udilane Marcena de Sousa, 23  e Daniele Dias, 23. A informação foi confirmada por familiares que residem no Distrito de Salitre na zona rural do município.
Conforme relatos da senhora Maria José (Tetê), avó de Maria Udilane Marcena de Sousa, sua neta estava juntamente com os pais morando há 20 anos em Bertioga, mas sempre visitava os demais familiares que residem no distrito de Salitre, na zona rural, local onde a mesma nasceu. Assim como Udilane Marcena, Daniele Dias também sempre visitava seus familiares na comunidade.
Dona Tetê contou que até agora, os corpos ainda não foram liberados do IMIL e tudo indica que o velório e sepultamentos ocorrerão em Bertioga.
Alem das duas canindeenses, está também entre as vitimas o ajudante de pedreiro Damião Nunes Praz, de 33 anos. Ele era também estudante de Engenharia Civil da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) e sonhava em se tornar engenheiro.

Acidente
De acordo com as equipes de socorro iniciais, o veículo levava estudantes da UMC e da Universidade Braz Cubas (UBC) para a cidade de São Sebastião, no litoral norte de São Paulo. Também estariam no coletivo alunos da Escola Técnica Estadual (Etec) de Mogi.
O acidente aconteceu no km 84, entre Mogi das Cruzes e Bertioga. Ainda segundo informações dos bombeiros, o motorista perdeu o controle do veículo, colidiu de frente com um rochedo na pista contrária e caiu em uma ribanceira. O condutor morreu no local.

Wellington Lima
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe