Armadilha Perigosa

A boca do insensato é sua própria destruição, e os seus lábios, um laço para a sua alma. Provérbios 18:7

Realmente...cada palavra que sai da sua boca assemelha-se a um cavalo. Alguns cavalos são bem treinados, muito bem limpos e tratados. Esses são os cavalos de corrida. Eles têm uma forte e poderosa energia atrelada à sua incrível habilidade. Quando um cavalo de corrida sai do estábulo, o que se espera é que ele traga a seu dono muitas recompensas e preciosos prêmios.
Existem no entanto outros cavalos que são selvagens, e o fator dominante neles está no perigo sempre iminente dos seus coices. Eles podem ser destrutivos, a ponto de inclusive tirarem a vida de alguém.
Eis aqui o paralelo para que possamos pensar hoje: 
Toda vez que você abre a boca, toda vez que você fala, esteja consciente de que suas palavras se assemelham a um cavalo que acabou de sair do estábulo. Tenha muito cuidado com as suas palavras, porque elas podem ser como um cavalo bem treinado e que elas serão frutíferas e atingirão um bom propósito, ou , podem ser a própria semelhança de um cavalo selvagem – Dependendo do que se diga, podem trazer muitas dores , provocar muitas maldades , ferir como coices. 
A palavra levanta ou derruba, emociona ou fere, traz felicidade ou decepção, aproxima ou afasta. Tem o poder de exprimir o amor, a alegria, o respeito, a admiração, mas também, dependendo da forma como é falada, pode carregar a inveja, o ódio, o sarcasmo, o ressentimento...
Em outras palavras: esteja constantemente alerta ao poder devastador ou abençoador daquilo que você fala! ... Cuidado com suas escolhas, porque uma palavra mal colocada afeta relacionamentos e a convivência. E aquela dita no momento certo, com a entonação adequada, gera compreensão, amor e se torna uma mensagem poderosa de união entre as pessoas. 
Por isso, pense bem antes de falar!
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe