Falso email leva estudante a acreditar que estudaria Medicina no Canadá

O pernambucano Denis José da Silva, 17 anos, sonha em cursar Medicina. O jovem, que é de família carente e já teve que viver em barracos nas ruas de Ipojuca, no Grande Recife, pensou que estaria perto de concretizar seu sonho quando recebeu por e-mail, em inglês, o convite de uma suposta universidade canadense. A farsa foi descoberta somente depois de Denis ter arrecadado dinheiro para a viagem num site de financiamento coletivo.
Denis mora em Ribeirão, zona da mata de Pernambuco, lá ele começou seus estudos na Escola Estadual Padre Américo Novais. Em 2014, o estudante se candidatou a uma vaga do programa de intercâmbio “Ganhe o mundo” e viveu de agosto de 2015 a fevereiro deste ano no Canadá. Quando retornou do intercâmbio, Denis recebeu por email um convite para cursar Medicina na Manitoba University. O jovem lançou, então, uma campanha no site Vakinha para arrecadar dinheiro que custeasse as despesas com a viagem.
Funcionários da Secretaria de Educação de Pernambuco desconfiaram da veracidade do documento devido a um erro gramatical. Investigando, Denis descobriu que a faculdade Manitoba sequer existe. O jovem foi a público, revelou que o email era falso e explicou que irá devolver o dinheiro que recebeu de doações.
No site da campanha, que conseguiu arrecadar mais de R$ 29 mil, o pernambucano escreveu: "Ainda não se sabe exatamente onde pegaram meus dados de contato, se pela Internet ou em grupos de apoio no qual divulgo meu email para receber material para estudo. Agradeço a todos que apoiaram a campanha, continuarei com meu sonho aqui do Brasil. Já entramos em contato com os meios de comunicação que ajudaram na divulgação da campanha. Graças a Deus não aconteceu algo pior. Peço a todos que doaram que entrem em contato comigo por mensagem através da página, para averiguarmos e fazermos a devolução do valor doado”.
Segundo o site Vakinha online, no caso de desistência, os contribuintes têm até 14 dias da data do pagamento para cancelar sua contribuição sem nenhuma complicação. A partir do 14° dia, se o usuário (dono da campanha) já sacou o dinheiro não poderá mais ser feito o cancelamento direto. Para pedir o estorno da transação, o site recomenda que seja enviado para email atendimento@vakinha.com.br.

O POVO Online
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe