Máfia de resultados também tentou manipular Série D do Brasileiro

A quadrilha que tentava manipular resultados em partidas de futebol no país agiu também em uma competição nacional, organizada pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol). A reportagem apurou que o DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa) investiga uma denúncia no jogo entre Náutico de Roraima e Remo, em Boa Vista, pela sexta rodada da Série D do Campeonato Brasileiro de 2015, equivalente à quarta divisão.
O clube da casa teria recebido uma proposta de R$ 40 mil para perder do time paraense por 4 a 0. A equipe mandante, porém, venceu a partida por 3 a 2 -a primeira das duas vitórias que o time teve na competição.
A proposta foi feita em uma reunião com o grupo de jogadores relacionados para o confronto. Os atletas foram orientados a comparecerem ao encontro usando shorts e não levarem aparelhos eletrônicos. Os aliciadores queriam evitar qualquer chance de as conversas serem gravadas.
Adroir Bassorici, 43, presidente do Náutico-RO, confirmou que foi procurado por dois aliciadores na semana da partida, mas diz que não aceitou a proposta.

Folhapress
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe