MST ocupa prédio da Semace por liberação de licenças ambientais

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra ocupam neste momento o prédio da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), localizada na rua Jaime Benévolo, no bairro de Fátima. Cerca de 400 pessoas estão no local reivindicando a liberação de licenças ambientes para implantação do projeto produtivo São José, direcionado a mais de 150 comunidades do Ceará.
A ação do MST faz parte da jornada nacional de lutas organizada pelo o movimento em todo o país. Conforme o grupo, o projeto São José o visa desenvolver a área de produção de caprinos e ovinos e a instalação de agroindústrias nos municípios cearenses. Os trabalhadores afirmam que aguardam há seis meses uma definição da Semace sobre as licenças ambientais. 
O MST reivindica ainda a retomada do Ministério do Desenvolvimento Agrário, extinto no governo do presidente em exercício Michel Temer, considerado "golpista" pelo MST; e a implantação da reforma agrária no Brasil.
Segundo o MST, o grupo participará, ainda nesta quinta, de audiências com órgãos como o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), o Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs), a Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH) e a Secretaria da Educação do Ceará (Seduc).

O POVO Online
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe