Pesquisa identifica relação entre chikungunya e problemas linfáticos

Pesquisadores do Hospital das Clínicas (HC) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) identificaram uma associação de problemas linfáticos com chikungunya. De acordo com os especialistas, quadros de linfedema agudo e trombose venosa foram identificados nas pernas de pacientes na fase latente da doença.
A primeira fase da pesquisa confirmou problemas na circulação linfática em 61,6% dos casos avaliados. Numa próxima etapa, os exames serão refeitos nos 23 pacientes para identificar se os problemas persistem. As informações são do portal G1.
O estudo “Complicações vasculares na febre Chikungunya” analisou os portadores de edemas em membros inferiores através de avaliações clínicas, exames em laboratórios, ecocardiograma transtorácico, ultrassonografia e linfocintigrafia.
Ainda não há previsão para a conclusão da pesquisa. Os especialistas também procuram entender porque a chikungunya causa os problemas.

Redação Web
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe