Quatro pessoas são executadas dentro de uma residência, em Pacatuba

Quatro pessoas foram mortas, na madrugada desta sexta-feira (8), na residência de uma das vítimas, em Pacatuba. Segundo a Polícia, dois homens entraram na casa, na Rua Santa Clara, no Conjunto Alvorada e executaram todas as pessoas que estavam no local. Conforme o comandante do Policiamento Metropolitano (CPM), coronel Francisco Souto, o alvo da ação era Diego Alves de Paula, 21.
Ele estava em um quarto na companhia do dono do imóvel, Nilberto Estevão de Sousa, que também foi executado. Um adolescente de 17 anos, identificado como Bruno Rudson de Oliveira da Silva, foi assassinado na sala. Francisco Emanoel Freitas da Silva correu pelo quintal e conseguiu chegar a a um matagal, mas foi perseguido e morto pelos atiradores. Segundo F. Souto, todos foram mortos com tiros na cabeça. 
O coronel ressaltou que os homicidas estavam a procura de Diego de Paula porque ele extorquiam um traficante da Cidade. “Ele descobriu detalhes do esquema do traficante. Sabia dos pontos de venda de droga, da distribuição dos entorpecentes  e ameaçava denunciar  à Polícia”, explicou Souto. 
O oficial  disse que várias patrulhas da PM e equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)  estão em diligência a em busca dos suspeitos. “Já identificamos o traficante que teria ordenado a execução e estamos a procura dele”, afirmou. 
A casa era utilizada como ponto de consumo de drogas, segundo F. Souto, por isto os jovens estavam reunidos lá durante a madrugada. “Todos eles já tinha passagens pela Polícia e eram usuários de drogas. Fica um alerta da Polícia para que os jovens evitem entrar nesse caminho do vício, que tem um fim nebuloso. Os traficantes vão arregimentando jovens e eles acabam praticando ações, que geram desavenças com outros criminosos e desencadeiam episódios lamentáveis como este”.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe