TRT cita Gonzaguinha ao condenar banco por assédio contra idoso

A 1ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia usou um trecho da música “Guerreiro Menino”, de Gonzaguinha, para embasar uma decisão unânime que considerou que um senhor de 75 anos sofreu assédio moral por ser vítima de uma rescisão indireta do contrato de trabalho.
“Sem o seu trabalho o homem não tem honra, e sem a sua honra se morre, se mata”, diz o trecho da música em questão, conforme pontuou o G1. O caso aconteceu em Salvador, na Bahia, e foi divulgado na terça-feira (6).
O TRT entendeu que o idoso, que trabalhou por 56 anos em uma empresa bancária, teve todas atribuições de trabalho retiradas pelo empregador, o que impossibilitou o seu crescimento profissional e gerou um processo depressivo no homem, além de humilhações.
A desembargadora que adotou a música de Gonzaguinha na sentença se chama Ivana Magaldi.

Notícias ao Minuto
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe