Caixa: R$ 7 bi para reformar imóveis; veja como conseguir

A Caixa Econômica Federal anunciou a disponibilização de R$ 7 bilhões para o Construcard, linha de crédito para financiamento de material de construção, até o fim de 2017. O produto foi reformulado para dar mais agilidade e segurança à operação e melhorar a qualidade do atendimento.
A cifra de R$ 7 bilhões, conforme o vice-presidente de Negócios Emergentes da Caixa, Fabio Lenza, é inicial. "Nessa nova fase do produto, colocamos à disposição do setor, inicialmente, R$ 7 bilhões até o fim de 2017, valor que poderá ser aumentado, caso haja maior demanda. O objetivo é incentivar o segmento de materiais de construção", diz ele, em nota à imprensa.

Saldo
O valor é também maior que o próprio saldo da carteira do Construcard, hoje de R$ 6,4 bilhões, conforme o banco. O produto visa a financiar a aquisição de materiais para construção, reforma ou ampliação de imóvel, com prazo de até 240 meses e seis meses de carência. Também podem ser financiados móveis planejados e equipamentos para aquecimento solar.
A Caixa informa ainda que divulgará em breve novas estratégias de estímulo ao Construcard, como parcerias com lojistas para a oferta de descontos e premiação para os clientes que fizerem compras em seus estabelecimentos. Nos últimos meses, o banco anunciou uma série de medidas para estimular o setor de construção no sentido de liberar mais R$ 16 bilhões para construtoras e pessoas físicas.

Obras
O banco reabriu o Plano Empresário - linha para financiamento das obras, paralisada desde o início de 2015. Para ter acesso ao crédito, as construtoras terão de ter 20% das unidades vendidas, patamar inferior ao exigido pelos privados, em torno de 35%, mas que já chegou a 50%. Também ampliou os limites de financiamento para imóveis novos (de 70% para 80% do valor do bem) e usados (de 60% para 70%), além de dobrar de R$ 1,5 milhão para R$ 3,0 milhões o valor limite das unidades que podem ser financiadas.
Além disso, a Caixa inicia nesta segunda-feira, 8, a "Semana Construcard", em parceria com a Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco). Até sexta-feira (12), o banco oferece taxa de juros de 1,95% ao mês para clientes com mais de seis meses de relacionamento.

Como contratar
Vá até uma Agência da Caixa e apresente os documentos necessários. Seus dados serão utilizados como base para a realização da pesquisa cadastral e análise de risco de crédito.
Após a aprovação do financiamento e assinatura do contrato, você receberá seu cartão Construcard.
Desbloqueie o cartão e compre o material em até seis meses depois da liberação do crédito.

Quais os requisitos
 - Ser pessoa física e ter uma conta corrente na Caixa. 
- Ser maior de 18 anos ou emancipado.
- Ser aprovado nas avaliações de cadastro e de risco de crédito.

Estadão Conteúdo
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe