Candidatos à Prefeitura de Santa Quitéria registram suas candidaturas e declaram patrimônio

Os quatro candidatos à Prefeitura de Santa Quitéria registraram suas candidaturas no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), na última segunda (15).
Os mesmos declararam como limite de gastos para a campanha o valor de R$ 192.743,25, que é o teto financeiro definido legalmente para as candidaturas majoritárias do município.
As declarações de patrimônio também foram apresentadas.
Com o registro das candidaturas, os processos passam a ser apreciados pela Justiça Eleitoral até 12 de setembro para decidir sobre todos os pedidos recebidos.

Arilson Ferreira
Disputando pela Coligação “A Santa Quitéria que Resiste”, o servidor público estadual Antônio Arilson Lopes Ferreira, 42 anos, do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) teve a sua candidatura a prefeito de Santa Quitéria cadastrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A candidatura está “aguardando julgamento” pela Justiça Eleitoral.
Segundo o portal de registros do TRE, o candidato do PSOL declarou R$ 11.000,00 em total de bens. O patrimônio declarado à Justiça Eleitoral consta com dois veículos automotores terrestres (motos).

Fabiano Lobo
Também está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) a candidatura de Fabiano Magalhães de Mesquita (PDT), 42 anos, à Prefeitura de Santa Quitéria. O prefeito encabeça a chapa da Coligação “Santa Quitéria que a Gente Quer”. No site do TRE, a candidatura consta como cadastrada, mas ainda aguarda julgamento do órgão.
Segundo os dados disponíveis no portal do TRE, Fabiano Lobo declarou bens que totalizam R$ 285.098,73. O patrimônio declarado pelo prefeito é composto por dois apartamentos e dinheiro em espécie.

Marcelo Magalhães
Disputando pela Coligação “Coragem pra Fazer Diferente”, o empresário Marcelo Henrique Martins Magalhães, 44 anos, do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) teve a sua candidatura a prefeito de Santa Quitéria cadastrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A candidatura está “aguardando julgamento” pela Justiça Eleitoral.
Segundo o portal de registros do TRE, o candidato do PTB declarou R$ 331.425,00 em total de bens. O patrimônio declarado à Justiça Eleitoral consta com terreno, dois veículos automotores terrestres (uma moto e um carro), cotas de capital de empresa e dinheiro em espécie.

Tomás Figueiredo
Disputando pela Coligação “Unidos para o Bem de Santa Quitéria”, o engenheiro  Tomás Antônio Albuquerque de Paula Pessoa, 62 anos, do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) teve a sua candidatura a prefeito de Santa Quitéria cadastrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A candidatura está “aguardando julgamento” pela Justiça Eleitoral.
Segundo o portal de registros do TRE, o candidato do PTB declarou R$ 4.452.861,12 em total de bens. O patrimônio declarado à Justiça Eleitoral consta com linha telefônica, aplicação de renda fixa, dinheiro em espécie, apartamento, casa, ações, veículo automotor terrestre (dois carros, um trator, uma moto), outros bens imóveis, terreno, crédito e depósito bancário.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe