Governador na mira da expulsão no PT por infidelidade?

O Partido dos Trabalhadores, através de nota oficial do presidente estadual da sigla — De Assis Diniz —, reafirmou o apoio à candidatura da chapa Gilmar Bender (PDT) e Manoel Santana (PT), em Juazeiro, e orientou a militância e seus dirigentes a fazer campanha para o candidato do PDT.
No município, tanto os irmãos Cid e Ciro Gomes quanto o governador Camilo Santana (PT) apoiam o nome de Arnon Bezerra (PTB) para a sucessão do prefeito Raimundão (PMDB). O PT quer o engajamento de Camilo na campanha do PDT.

“Qualquer desobediência de dirigentes do partido a esta orientação receberá, por parte do Diretório, as providências regimentais cabíveis”, diz a nota. Em entrevista ao O POVO, De Assis afirmou que possíveis procedimentos na Comissão de Ética do partido “também valem para o governador” que é filiado ao PT.
“Em Fortaleza há uma excepcionalidade porque a Luizianne (Lins) não tinha votado nele na eleição de 2014. Então nós entendemos”, disse De Assis justificando a liberação do governador para apoiar informalmente o prefeito Roberto Cláudio (PDT)
O presidente estadual da legenda afirmou ainda que o recado vai para todos os municípios do Estado. “Em qualquer outro município em que o PT apresente candidato ou apoie uma chapa, a orientação é sempre do engajamento total de todos”.
A assessoria de Camilo Santana afirmou que o governador não iria se pronunciar sobre o assunto.”

O POVO Online
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe