H1N1: vírus matou 17 pessoas esse ano no Ceará

Desde o início de 2016 até o dia 13 de agosto, a Síndrome Respiratória Aguda Grave, pelo vírus influenza A/H1N1, registrou 17 mortes no Ceará. No total, foram 92 casos confirmados pela influenza  e outros 13 por outros vírus. 
Entre os municípios com óbitos confirmados pela doença: Caucaia, com três mortes; Fortaleza, com duas e São Gonçalo do Amarante; Aracati; Quixeramobim; Jaguaretama; Morada Nova; Russas; Pereiro; Sobral, Banabuiú; Juazeiro do Norte; Quixelô e Chorozinho, cada um com uma morte. Os dados são da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa).
No Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde, esse ano 1.775 pessoas já morreram por H1N1 no Brasil, sendo o estado mais afetado foi São Paulo, que teve 737 óbitos por H1N1, seguido por Paraná, com 206 mortes e Rio Grande do Sul, com 182 mortes.
No ano passado inteiro, o país registrou 36 mortes por H1N1; em 2014, tinham sido 163 mortes e, em 2013, 768 óbitos pelo vírus.elo vírus.

Diário do Nordeste
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe