Órgãos federais mantêm concursos; Confira o que vem por aí

Os concurseiros de plantão não devem desanimar nos estudos mesmo com os cortes do Governo Federal. Pelo menos cinco órgãos já iniciaram ou estão em andamento com os preparativos para novos concursos. Confira:

Anvisa
Já autorizado pelo Ministério do Planejamento, o concurso com 78 vagas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deve sair em breve. A instituição revelou que o edital será publicado até 31 de agosto, com bastante antecedência do prazo final estipulado pelo MPOG, que é 18 de outubro.
Em 15 de agosto, já havia sido publicado no Diário Oficial da União (DOU) a homologação do contrato com o Cespe/UnB, empresa organizadora.
Todas as ofertas são para o cargo de técnico administrativo. O cargo exige nível médio e oferece salário de R$ 6.147,52. A lotação dos aprovados ocorrerá apenas em Brasília e as provas serão aplicadas somente no DF.

Dataprev
Outro concurso prestes a ser lançado é o da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev), vinculada ao Ministério da Fazenda. De acordo com a assessoria de imprensa da instituição, o edital está em fase final de elaboração.
Não foi revelado o número de vagas, mas já se sabe que as chances serão para cadastro reserva. Os cargos serão os mesmos da seleção anterior, em 2014, e exigirão níveis técnico e superior. A empresa Cetro Concursos foi contratada no dia 7 de julho.

Fiocruz
A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) se prepara para lançar mais editais. E, desta vez, será para o preenchimento de 119 vagas para os cargos de técnico em saúde pública e pesquisador.
De acordo com o setor de comunicação do órgão, os certames estão previstos ainda para este mês. Do total de vagas do concurso Fiocruz, 61 serão para a função de técnico em saúde pública. A função exige nível técnico e tem remuneração de R$ 3.418,81. As demais 58 ofertas ficarão para a colocação de pesquisador, que exige nível superior e paga R$ 7.159,06.

MPF
O Ministério Público Federal (MPF) divulgou, em julho, a resolução 169, que estabelece as normas para realização de novo concurso público para o cargo de procurador. Embora o número de vagas ainda não esteja definido, bem como alguma previsão do edital, quem pretende ingressar na área já possui condições de antecipar a preparação, com base nas determinações do documento, que inclui o conteúdo programático que será cobrado.
Para concorrer ao cargo é necessário bacharelado em Direito, além de três anos de atividade forense. A remuneração inicial atualmente é de R$ 25.260.
Os inscritos serão submetidos a cinco provas, sendo a primeira objetiva e as demais subjetivas.

PRF
Mesmo com a devolução do pedido de autorização do novo concurso para o preenchimento de 1.500 vagas, por parte do Ministério do Planejamento, quem pretende ingressar na carreira de policial rodoviário federal não deve perder as esperanças.
Um acontecimento recente reforça o interesse do órgão em reforçar seu quadro de pessoal. A portaria 2734/2016 constituiu um grupo de trabalho para elaborar proposta de novo edital do concurso público. A portaria nomeia a comissão responsável pela elaboração do documento, com prazo de conclusão até 30 de novembro, podendo ser prorrogado até 30 de dezembro.
Para concorrer ao cargo é requisito ter nível superior em qualquer área, além de carteira de motorista no mínimo categoria "B". O salário é de R$ 7.167,91.
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe