PF indicia Lula e Marisa no caso tríplex do Guarujá

A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a sua esposa Marisa Letícia Lula da Silva com relação ao caso do tríplex do Condomínio Solaris, no Guarujá. Ele deve ser enquadrado nos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Com informações do jornal O Estado de S. Paulo.
De acordo com o documento que solicita o indiciamento de Lula, ele e da sua esposa, eles foram beneficiários de vantagens ilícitas por parte da OAS. Segundo o texto, os valores alcançaram R$ 2.430.193,61. 
O inquérito teve como ponto central a reforma do apartamento. O imóvel foi adquirido pela OAS. De acordo com as investigações, Lula seria o verdadeiro dono do tríplex. A defesa do petista nega. 
Apesar das três linhas de investigação que tem como foco o ex-presidente, é a primeira vez que ele é formalmente indiciado. 
A conclusão do inquérito da Polícia Federal ocorre antes da denúncia criminal que deve ser apresentada pelo Ministério Público Federal ao juiz Sérgio Moro. Procuradores pediram 90 dias para oferecer denúncia no caso. 
    Comente pelo Disqus
    Comente pelo Facebook
#Compartilhe